Em jogo morno, Fluminense e Ceará apenas empatam sem gols no Maracanã
Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Em jogo morno, Fluminense e Ceará apenas empatam sem gols no Maracanã

Tricolor chega ao seu quinto jogo seguido sem balançar as redes; Vozão segue a dois pontos do Z-4

rrodrigues_95
Rodrigo Rodrigues
FluminenseJúlio César; Igor Julião, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Airton e Sornoza (Macula); Cabezas (Matheus Alessandro), Everaldo (Marcos Jr.) e Luciano Técnico: Marcelo Oliveira.
CearáÉverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Juninho, Richardson, Calyson (Ricardinho); Felipe Azevedo, Ricardo Bueno (Arthur) e Leandro Carvalho (Eder Luis) Técnico: Lisca.
Placar-
INCIDENCIASJogo válido pela 35ª rodada do Brasileirão Série A 2018.

Em uma noite fria e chuvosa no Maracanã, Fluminense e Ceará mostraram pouca inspiração e apenas empataram sem gols, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor segue em 13º, com 42 pontos e ainda próximo do Z-4. Em situação mais delicada, o Vozão é o 14º, com 39, dois a menos que o América-MG, que abre a zona da degola.

O empate sem gols sintetiza o momento ruim do Fluminense no Brasileiro. O time chega ao seu quinto jogo consecutivo sem vitória e também sem marcar gols. A última vez foi no triunfo contra o Atlético-MG, pela 30ª rodada. De lá para cá, foram quatro derrotas e um empate. 

Jogando em casa, o Fluminense adotou uma postura ofensiva contra o Ceará. O técnico Marcelo Oliveira manteve os três atacantes a exemplo do que fez diante do Palmeiras. Desta vez, entretanto, optou por Everaldo iniciando  como titular. E foi dos pés dele que o Tricolor quase abriu o placar. Aos 18 minutos, em bela jogada individual, o camisa 37 chutou e assustou o goleiro Everson.

Mais precavido, o Ceará apostou suas fichas nos contra-ataques e nos lances de bola parada. Aos 21, Juninho quase pôs o Vozão em vantagem após bela cobrança de falta, mas o volante acabou parando em Júlio César. Minutos mais tarde, os visitantes assustaram novamente, desta vez, com Samuel Xavier, que quase marcou em chute cruzado. No mais, foi um primeiro tempo morno, com poucas chances de gols.

Ayrton Lucas em ação no Maracanã (Foto: Lucas Merçon/FFC)
Ayrton Lucas em ação no Maracanã (Foto: Lucas Merçon/FFC)

Na volta para o segundo tempo, o técnico Marcelo Oliveira promoveu a entrada de Matheus Alessandro na vaga de Cabezas. Contudo, o panorama seguiu o mesmo. O Fluminense não tinha ímpeto ofensivo, enquanto o Ceará conseguia assustar no ataque com chutes de fora da área. Aos 15, Juninho por pouco não marcou. 

Da metade da etapa final em diante, o Ceará foi superior ao Fluminense, que demostrava cansaço e pouco inspirado, ainda mais depois da saída de Sornoza, o único armador da equipe, que foi substituído para entrada do jovem Macula. Aos 39 minutos, novamente Juninho por pouco não abriu o placar em cobrança de falta. Em meio a erros de passes, no fim das contas, foi um jogo bastante fraco tecnicamente e isso acabou refletindo no placar: 0 a 0.

Na próxima rodada, o Fluminense visita o Bahia na quinta-feira (22). No mesmo dia, o Ceará recebe o lanterna Paraná.

VAVEL Logo

Fluminense FC Notícias

há 5 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 12 dias
há 12 dias