Em jogo sem gols, Avaí consegue acesso e Ponte Preta segue na Série B
(Foto: PontePress/Fabio Leoni)

Em jogo sem gols, Avaí consegue acesso e Ponte Preta segue na Série B

Último jogo de Marquinhos foi marcado pelo acesso de seu time; Ponte amarga um quase acesso

vv_cunha
Victor Cunha
AvaíRubinho; Guga, Marquinhos Silva, Betão e Iury (João Paulo, min. 90); Judson, Matheus Barbosa, Renato, Pedro Castro e Getúlio (Jones Carioca, min. 84); Daniel Amorim (Rodrigão, min. 64)
Ponte PretaIvan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; Nathan (Igor, min. 74), Lucas Mineiro, Tiago Real e Matheus Vargas (Victor Rangel, min. 46); André Luís e Junior Santos (Roberto, min. 63)
INCIDENCIASJogo válido pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, disputado na Ressacada, para 16.640 pessoas

Ansiedade. Essa é a palavra que define o empate sem gols entre Avaí e Ponte Preta, pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, que ocorreu no último sábado (24), na Ressacada. O Avaí sobe para a Série A de 2019 com 61 pontos e na 3ª posição. A Ponte fica na Série B, com 60 pontos, na 5ª posição, e não subiu por ter 16 vitórias, duas a menos do que o Goiás, que tem 18 e os mesmos 60 pontos. O jogo era, também, a despedida de Marquinhos do futebol. O agora ex-meia de 37 anos se aposenta no clube onde foi revelado.

O primeiro tempo, dada a chuva e o vento antes e no início da partida, foi muito prejudicada, com um gramado encharcado e pesado, que refletiu em todo o restante da primeira etapa da partida. Isso influenciou nas chances criadas por ambas as equipes. O Avaí ficou mais perto do seu ataque, pressionado pela ansiedade da torcida, que via os outros jogos tendo seus resultados, que poderiam complicar para a sua equipe. A Ponte ficou mais atrás, apostando nos contra ataques, que foram poucos. O Avaí chutou apenas 3 vezes, contra 1 da Ponte Preta em um jogo extremamente nervoso.

A primeira chance mais clara do Avaí aconteceu apenas aos 36 minutos de jogo, quando Pedro Castro bateu de longe, acertando a direção do gol. Mas a bola saiu rasteira e Ivan ficou sem problemas com a bola.Já a Ponte acertou sua primeira finalização apenas aos 45 minutos, quando Ruan foi até  alinha de fundo pela direita e cruzou para Junior Santos, que cabeceou forte, mas em cima de Rubinho, que segurou a bola em dois tempo.

O segundo tempo seguiu os moldes do primeiro, onde o Avaí tentava mais e a Ponte se defendia, mas com mais chances de ambos os times. Aos 6 minutos Daniel Amorim chutou forte, no canto esquerdo do goleiro Ivan, que voou para espalmar a bola. Aos 19, Rodrigão recebeu uma boa bola na entrada da área, dominou girando e bateu de bico, mas pra fora. Já aos 38, a Ponte chegava com perigo. Danilo Barcelos cruzou pela esquerda para Victor Rangel, que cabeceou pra fora, assustando a torcida do Avaí e o goleiro Rubinho.

Aos 45, Rodrigão, mais uma vez, foi lançado em contra ataque e nessa chance tocou de cavadinha na saída de Ivan, que desviou a bola com a ponta dos dedos e colocou ela pra escanteio. Aos 49, Victor Rangel teve a chance de bater pro gol e abrir o placar, mas ele não finalizou.

Após o apito final, o Avaí comemorou sua volta à Série A do Campeonato Brasileiro, além de ter havido uma invasão dos torcedores, também para comemorar o acesso da equipe. A Ponte Preta continua na Série B.

VAVEL Logo

Avaí Futebol Clube Notícias