Atlético-MG enfrenta Botafogo para garantir vaga no G-6
Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

Atlético-MG enfrenta Botafogo para garantir vaga no G-6

Equipes medem forças em jogo adiantado da última rodada do Campeonato Brasileiro de 2018; Galo levou a melhor no 1º turno

caiocarvalho97
Caio Carvalho
Atlético-MGVictor, Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Galdezani, Elias, Luan, Cazares e Chará; Ricardo Oliveira
BotafogoGatito, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Matheus Fernandes, Gustavo Bochecha e Marcos Vinícius; Luiz Fernando, Pimpão e Kieza.
INCIDENCIASJogo válido pela última rodada do Brasileirãp Série A 2018.

Neste sábado (1º), às 19h (de Brasília), Atlético-MG (6ª posição, 56 pontos) e Botafogo (9ª posição, 51 pontos) se enfrentarão no Independência, em jogo válido pela rodada final da Série A do Campeonato Brasileiro 2018. Enquanto o Galo necessita da vitória para confirmar a vaga na pré-libertadores, o alvinegro entra em campo apenas para cumprir tabela e com a classificação para a Copa Sul-Americana já carimbada.

A partida, que anteriormente seria disputada no domingo, assim como todas as outras, foi adiantada para este sábado devido a mudança do duelo entre Flamengo x Atlético-PR, já que o Maracanã estava marcado para receber os rubro-negros e também o Fluminense no mesmo dia e horário. O Furacão briga com o Atlético-MG pela sexta e última vaga no G6, portanto os jogos acontecerão simultaneamente. 

Mineiros e cariocas já se confrontaram 56 vezes na história do Brasileirão. São 21 vitórias para o Botafogo, 18 para o Atlético e 17 empates. No primeiro turno, o Galo levou a melhor e triunfou por 3 a 0 em pleno Nilton Santos. Os gols foram marcados por Luan, Cazares e Tomás Andrade. 

Braulio da Silva Machado (SC) apita o jogo, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (também de SC). 

Pré-libertadores como objetivo

Brigando pela vaga no G6 desde a primeira parte do campeonato, o Atlético-MG tem a chance de fechar o ano com chave de ouro e atingir o objetivo almejado. Para isso precisa de uma simples vitória, mas caso saia derrotado, o Atlético-PR, que jogará com o time reserva, deve tropeçar contra o Flamengo. 

Para a partida contra o alvinegro carioca, Levir Culpi contará com o retorno do zagueiro Iago Maidana, que cumpriu suspensão, e dos volantes Adílson e Zé Welison, liberados pelo departamento médico. A tendência é que o treinador mantenha Matheus Galdezani entre os titulares, deixando a equipe mais ofensiva. A aposta fica no trio Cazares, Chará e Ricardo Oliveira, que voltou a funcionar muito bem.

Provável escalação do Atlético-MG: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana, Fábio Santos; Matheus Galdezani, Elias, Cazares; Luan, Chará, Ricardo Oliveira.

Premiação visada e time misto

Já classificado para a Sul-Americana de 2019 e muito longe da zona de rebaixamento após grande arrancada, o Botafogo vai à Minas Gerais com um time misto e sem muitas ambições. Porém, um fator pode tornar o glorioso um visitante indigesto. Caso vença e termine em uma posição melhor na tabela, receberá uma premiação maior por parte da CBF, o que pode ser um combustível para atletas e clube. 

Zé Ricardo deixou claro que dará oportunidades para atletas que não vinham jogando e para os que voltaram de lesão, casos de Kieza e Marcos Vinícius. O treinador não poderá contar com Joel Carli, Rodrigo Lindoso e Marcelo (lesionados), Leo Valencia (suspenso), Brenner, Renatinho e Erik (férias). 

Provável escalação do Botafogo: Gatito; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello, Moisés; Matheus Fernandes, Gustavo Bochecha, Marcos Vinícius; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Kieza. 

VAVEL Logo

Atlético MG Notícias