Em Fla-Flu movimentado, empate mantém final da Copa do Brasil Sub-17 aberta
(Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.)

Em Fla-Flu movimentado, empate mantém final da Copa do Brasil Sub-17 aberta

As duas equipes criaram boas chances de gols, mas conseguiram balançar as redes apenas uma vez cada; partida decisiva será na próxima terça-feira (11), também no Maracanã

rafalisboa
Rafael Lisboa
FluminenseMarcelo; Felipe (Emanuel), Luan, Davi e Marcos Pedro; André, Wallace e Matheus Martinelli; Luiz Henrique, Marcos Paulo (Gabriel Teixeira) e João Pedro.
FlamengoPedro Victor; Luis Gustavo, Natan, Gabriel Noga e Ítalo; Daniel Cabral, Gomes e Reinier; Lázaro (Sidney), Yuri de Oliveira (João Gabriel) e Rhyan (Lucas Gabriel).
PlacarReinier (40'1ºT - 0 x 1) e Matheus Martinelli (10'2ºT - 1 x 1)

Nessa sexta-feira (7), Fluminense Flamengo duelaram no Maracanã, pela partida de ida da final da Copa do Brasil sub-17. O duelo marcou o encontro do melhor ataque (Flu) contra a melhor defesa (Fla) da competição. Com gols de Reinier e Matheus Martinelli, o Fla-Flu terminou empatado em 1 a 1 e a decisão ficou para a segunda partida da final. O jogo de volta será realizada na próxima terça-feira (11), no Maracanã.

A partida começou com as duas equipes se estudando. A primeira chegada com perigo foi do Flamengo, aos 4, quando Lázaro tabelou com Luis Gustavo e cruzou fechado, mas a bola passou por toda a pequena área, sem encontrar nenhum rubro-negro. O Fluminense tentou responder aos 6, mas a bola enfiada por Marcos Paulo foi cortado por Luis Gustavo e ficou com o goleiro Pedro Victor.

O Tricolor teve as duas primeiras finalizações da partida, aos 14. Primeiro, João Pedro lançou Wallace, que cortou para o meio e bateu colocado, para fora. Na saída de bola, Luiz Henrique roubou e avançou até a área, quando encheu o pé e chutou por cima. O Rubro-Negro respondeu com o chute de Gomes, para boa defesa de Marcelo.

Wallace era o destaque do Fluminense na primeira etapa. Aos 20, o camisa 7 tricolor passou por três rubro-negros e arriscou de fora da área, mas o chute subiu demais. Aos 26, Ítalo tentou o cruzamento, a defesa afastou e Daniel Cabral encheu o pé esquerdo, mas jogou para fora.

Aos 32, Marcos Paulo foi lançado em posição legal, invadiu a área sozinho, mas Luis Gustavo e Pedro Victor chegaram a tempo para impedir o gol tricolor. A resposta veio no ataque seguinte: Yuri cruzou, Rhyan ajeitou e Reinier chegou chutando de primeira, mas a bola desviou na defesa tricolor e saiu em escanteio, impedindo o que seria um golaço.

Aos 40, enfim o placar foi aberto: Yuri cruzou, Lázaro disputou com dois e rolou para Rhyan, que protegeu com o corpo até a chegada de Reinier, que chutou desviado e a bola morreu no canto, Flamengo 1 a 0. Após o gol, o Tricolor tentou empatar, mas João Pedro chutou para fora, no último lance do primeiro tempo.

As duas equipes voltaram sem mudanças depois do intervalo. Precisando de gol, o Fluminense quase empatou aos 6, em falha de Pedro Victor, que não achou a bola, mas João Pedro não conseguiu mandar para o gol. A resposta rubro-negra veio no ataque seguinte, mas Rhyan chutou para fora após cruzamento de Yuri, e também perdeu uma grande chance.

Aos 10, saiu o empate: Matheus Martinelli recebeu na entrada da área, girou o corpo e bateu no canto esquerdo de Pedro Victor, 1 a 1. A resposta rubro-negra veio aos 13, quando Ítalo tentou o cruzamento, mas a bola foi em direção ao gol e saiu tirando tinta da trave. O Rubro-Negro seguiu pressionando, e quase marcou o segundo com Lázaro, aos 19, mas o camisa 7 acabou isolando após cruzamento de Yuri.

Tentando aproveitar o momento de instabilidade do goleiro Pedro Victor, o Fluminense passou a cruzar bolas na área, mas foi o Flamengo que criou mais uma chance, aos 26, mas Gomes parou em Marcelo. Os dois treinadores começaram a mexer nas equipes, buscando o segundo gol. O Tricolor ameaçou aos 31, em chute desviado de Martinelli, mas Pedro Victor pulou para espalmar.

A chuva começou a cair com muita força e a partida se encaminhou para os minutos finais, mas perdeu o ritmo que tinha até a metade da segunda etapa. Aos 40, quase um déjà-vu no Maracanã: após cruzamento da direita, Reinier ajeitou para Rhyan, invertendo papeis do lance da primeira etapa, e o camisa 9 ajeitou e emendou sem deixar a bola cair, para uma grande defesa de Marcelo.

Dois minutos depois, Wallace cobrou a falta na cabeça de João Pedro, que tocou no canto esquerdo, mas a bola passou muito perto. Aos 47, Ítalo cruzou fechado e a bola explodiu no travessão. No lance seguinte. Gomes levou o segundo amarelo e foi expulso, desfalcando o Flamengo na segunda partida. Com o apito final do árbitro, o campeão da Copa do Brasil sub-17 só será conhecido após a segunda partida.

VAVEL Logo

Fluminense FC Notícias

há 7 dias
há 8 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 13 dias