Sette Câmara confirma efetivação de Marques como diretor de futebol
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Sette Câmara confirma efetivação de Marques como diretor de futebol

Ídolo do clube terá a missão de montar uma equipe competitiva para a disputa da Libertadores, em 2019

leo-moura
Leonardo Almeida

Para 2019, o Atlético-MG ainda não anunciou nenhuma contratação, tendo em vista que o técnico Levir Culpi afirmou em sua última entrevista coletiva que o elenco terá muitas mudanças. Marques, atual diretor de futebol, está cuidando das negociações e, para o ano que vem, continuará no cargo, de acordo com o presidente do clube, Sérgio Sette Câmara.

Durante entrevista à Rádio 98, o presidente revelou que a manutenção de Marques foi escolha dele após não conseguir trazer outros profissionais desejados, como Rodrigo Caetano - atualmente no Internacional.

"Ele é um cara que é do Atlético-MG, que tem toda a identidade, e um sujeito que dispensa comentários. Ele goza da minha confiança. O Marques está indo bem. Não vou citar nomes. Fui atrás de nomes que acho interessantes. Não consegui trazer e, diante disso, a manutenção do Marques é o melhor a se fazer neste momento. É uma decisão minha. Eu acredito que ele vai exercer bem o papel cuidando do dia a dia do clube. Todas as decisões relativas a contratação e à avaliação do elenco são feitas envolvendo a comissão técnica. Eu falo com o Levir e o Marques todos os dias", disse.

Sette Câmara ainda comentou que o time alvinegro possui ajuda e assim conseguirá contratar jogadores para compor o elenco.

"A gente tem algumas pessoas fora do Atlético-MG que têm conhecimento e nos dado apoio. Obviamente vamos conseguir buscar esses atletas para compor o elenco. A gente precisa de cinco ou seis atletas, e esse trabalho está sendo feito. Preenchidas essas lacunas que estamos precisando, o restante vai ser no dia a dia. Eu preciso dessa pessoa no dia a dia", agregou.

Com apenas R$20 milhões para reforços, o presidente do Galo espera fazer boas trocas para qualificar a equipe de Levir Culpi que voltará a disputar a Copa Libertadores em 2019.

"Neste momento, o que vai prevalecer são trocas. Os clubes têm algumas moedas de trocas, e um ou outro clube que tiver condição de vender um jogador para reaplicar o dinheiro, vai reforçar o plantel", frisou.

Sobre o lateral-direito Marcos Rocha, o Palmeiras tinha até o último dia (5) para exercer a compra, coisa que não se concretizou. Agora, Grêmio e Flamengo também monitoram a situação do lateral, que revelou ter colocado um ponto final em sua história pelo Atlético.

"Situação do Marcos Rocha está em andamento. O fato de eles não terem exercido a compra no dia 5 não significa que não estamos em negociação. Agora a nossa situação do ponto de vista negocial se abre, porque outras portas se abrem. Nós temos ótima relação com o Maurício Galiotte (presidente do Palmeiras) e o Alexandre Mattos (diretor de futebol do Palmeiras). A gente sabe que o jogador quer ficar lá, mas a gente olha o melhor para o Atlético-MG. O que for melhor para o Atlético-MG vai acontecer", enfatizou Sérgio Sette Câmara.

Diego Tardelli

Com contrato se encerrando agora na China, Diego Tardelli desperta interesse de vários clubes do Brasil e também da China. No entanto, o presidente atleticano disse que o desejo da família do jogador é de permanecer no continente Asiático.

"O Marques é amigo do Tardelli, ele conversou com ele, trocaram mensagens, e o Tardelli deixou claro que está terminando (o contrato atual), mas tem três propostas na China, e a família quer ficar por lá. Quando isso acontece, tem que virar o disco", expressou.

Saída de jogadores

Não é surpresa para ninguém que o clube precisa fazer caixa. Eliminações durante o ano fizeram com que o Atlético-MG arrecadasse pouca verba. O presidente do Atlético afirmou ainda durante a entrevista que nenhum jogador do clube é inegociável.

"Não existe jogador inegociável no Atlético-MG. Se chegar uma proposta que eu entenda que é razoável, é assim que funciona e não tem como segurar. O jogador vai embora e nós vamos atrás de outro. A gente não pode errar nas contratações. Pode ter certeza que esse ano vamos fazer de duas a três grandes vendas", finalizou.

VAVEL Logo

Atlético MG Notícias