De uniforme e escudo novo, Atlético-PR decide Sul-Americana contra Junior Barranquilla
Foto: Divulgação/Junior Barranquilla

Para definir o grande campeão da Copa Sul-Americana, Atlético-PR e Junior Barranquilla se enfrentam na noite desta quarta (12), na Arena da Baixada. Após o empate em 1 a 1 no confronto de ida, quem vencer em Curitiba ficará com o título. Como não há o critério do gol qualificado, nova igualdade por qualquer placar levará a decisão para os pênaltis.

É a oportunidade para os dois clubes conquistarem seu primeiro título continental. O Furacão conta com a melhor campanha ao longo da competição. Com oito vitórias, um empate e duas derrotas, eliminou News Old Boys (ARG), Peñarol (URU), Caracas (VEN), Bahia e Fluminense.

Por ter sido eliminado como terceiro colocado em seu grupo na Libertadores, o Junior ingressou direto na segunda fase da Sul-Americana. Para chegar até a final, eliminou Lanús (ARG), Colón (ARG), Defensa y Justicia (ARG) e Santa Fe (COL). Os colombianos chegam embalados pela goleada de 4 a 1 sobre o Independiente Medellin, no último sábado (8), na primeira partida da final do campeonato nacional.

Furacão com força máxima

O técnico Tiago Nunes terá todos os seus jogadores disponíveis para a decisão. Com o atacante Pablo recuperado do desconforto que o fez ser substituído no jogo de ida, a expectativa é de que a escalação seja repetida.

Sem surpresas, o comandante rubro-negro deve ir a campo com: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira, Renan Lodi; Lucho González, Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Marcelo, Nikão e Pablo.

O goleiro Santos, o lateral-esquerdo Renan Lodi e o volante Lucho González são os únicos jogadores presentes em todas as partidas como titulares. Pablo também jogou todas, mas em uma delas saindo do banco.

A novidade do Atlético-PR fica por conta do novo escudo e dos novos uniformes, que foram anunciados nesta terça-feira (11), e estrearão justamente na decisão diante do Junior.

Junior conta com retorno do artilheiro

Desfalcando o Junior Barranquilla no primeiro confronto por ter sido expulso na semifinal contra o Santa Fe, o atacante Téo Gutiérrez está confirmado para a grande final. A comissão disciplinar da Conmebol analisou o lance da expulsão e decidiu manter somente um jogo de suspensão ao jogador que, com isso, estará à disposição do técnico Julio Comesaña para esta quarta.

Téo é considerado a principal referência da equipe. Além dele, o lateral-esquerdo Fuentes também estará de volta a escalação inicial. O provável time conta com: Sebastián Viera; Marlon Piedrahita, Jefferson Gómez, Rafael Pérez e Fuentes; Luis Narváez, James Sánchez, Víctor Cantillo; Jarlan Barrera; Luis Díaz e Téo Gutiérrez.

Trabalhando com portões fechados a maior parte do tempo, o treinador disse estar preparado para qualquer situação de jogo, inclusive eventual decisão nas penalidades: "Quando precisamos decidir nos pênaltis contra o Defensa y Justicia ganhamos, contra Lanús em casa, também. Se tivermos que definir nos pênaltis, vamos definir", afirmou.

VAVEL Logo