Conselho Deliberativo do Fluminense vota para impeachment de Pedro Abad
FOTO: LUCAS MERÇON/FLUMINENSE F.C.

Conselho Deliberativo do Fluminense vota para impeachment de Pedro Abad

No entanto, a tendência é que o quórum mínimo não seja alcançado para que o processo siga em frente

jessicaalbuquerque
Jéssica Albuquerque

Nesta quinta-feira (20), a partir das 19h30, haverá a votação do impeachment do presidente Pedro Abad. A reunião foi convocada por Fernando Leite, presidente do Conselho Deliberativo.

Abad é acusado de ser responsável por prejuízos ao clube e gestão temerária. Dentre os temas analisados estão o caso de Gustavo Scarpa, imagem negativa do clube e dívidas tributárias e trabalhistas. Para a sessão ser aberta, há a necessidade de quórum mínimo de 150 presentes. Caso o número não seja alcançado, a votação não ocorrerá e o caso é arquivado. E para que Abad perca o cargo o pedido precisará de 2/3 dos votos dos presentes.

Se Abad sair, quem assumiria seria o vice-presidente geral, Cacá Cardoso, mas ele renunciou em abril. Logo, quem ficaria em seu lugar seria Fernando Leite. Após isso, ele teria 45 dias para convocar uma nova eleição.

O presidente Pedro Abad apresentou documentos em sua defesa e negou as acusações. Além disso, foi ouvido duas vezes pela Comissão de Assuntos Disciplinares.

Em comunicado enviado ao portal 'Globoesporte.com', Pedro Abad afirmou, entre outras coisas, que está tranquilo e trabalhando para que o Fluminense tenha garantida a sua grandeza.

Abad tem maioria do Conselho. Logo, é provável que o quórum mínimo de 150 pessoas presentes não seja atingido.

VAVEL Logo

Fluminense FC Notícias