Leandro Castán nega ter forçado saída do Vasco: "Estou aqui"
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco

Leandro Castán nega ter forçado saída do Vasco: "Estou aqui"

Zagueiro concedeu entrevista em Atibaia e falou pela primeira vez sobre o assunto

italo-bruno
Ítalo Bruno

Uma das peças de destaque da saga do Vasco contra o rebaixamento no último Campeonato Brasileiro, Leandro Castán recebeu proposta do Corinthians logo ao final da temporada. Apesar disso, o defensor teve conversa com a diretoria e tomou a decisão de permanecer. Nesta terça-feira (8), em Atibaia, o zagueiro falou pela primeira vez sobre o caso.

O jogador afirmou que não forçou saída do Vasco, mesmo tendo dito na despedida de Emerson Sheik, na Arena Corinthians, que havia "tomado uma decisão". o defensor mostrou-se incomodado com o assunto.

"Eu deixo tudo na mão do meu pai, que cuida da minha carreira. Fique incomodado porque falaram que eu estava forçando a saída do Vasco, que estava pedindo time forte. Não é verdade. Nunca forcei para sair. Sou Feliz num lugar onde me querem bem. Onde tiver que ser, eu deixo nas mãos dos meus representantes. Não vou me meter nisso. Espero fazer um bom ano, estou pensando somente em jogar futebol", disse.

Com contrato até o final do ano, Leandro Castán se apresentou com o restante do elenco para a pré-temporada, que está sendo feita em Atibaia. Questionado sobre o futuro, o zagueiro afirmou que cumprirá com seu compromisso:

"Acho que está resolvido. Estou aqui, não estou? O que não está resolvido é o Arrascaeta, que não voltou. Eu estou aqui, estou trabalhando, feliz. Para mim, está tudo certo", completou o jogador.

Por fim, sobre a declaração na despedida de Sheik, o zagueiro contou sua versão: "Quis dizer porque meu pai passou uma certa situação para mim. Eu falei que se ele resolvesse da melhor forma possível, para mim não teria problema. Ele conversou com o Campello, que explicou a situação como era, e está tudo certo", finalizou.

VAVEL Logo