De dispensado a ídolo, chegada precoce aos profissionais e acompanhado por Givanildo Oliveira; conheça o 'croata' que o Sport contratou
Divulgação/Fogo Dinamo Zagreb

De dispensado a ídolo, chegada precoce aos profissionais e acompanhado por Givanildo Oliveira; conheça o 'croata' que o Sport contratou

Motivado em defender o Sport, meia de 31 anos já está no CT Presidente José de Andrade Médicis

wesley-silva
Wesley Silvali

Em busca de um camisa 10 desde que assumiu o futebol do clube, a diretoria do Sport encontrou uma alternativa criativa e até então pouco imaginada pela torcida: o meia Sammir, que estava sem clube depois de deixar o futebol chinês. Como curiosidade a mais, o jogador é naturalizado croata e atuou na Copa do Mundo do Brasil, vestindo a camisa das atuais vice-campeãs mundiais.

Com 31 anos e muita vontade de se mostrar ao futebol brasileiro, Sammir não pensou duas vezes em aceitar a proposta do Sport. Os contatos se deram inicialmente na quinta-feira e o desfecho já ficou selado na manhã de sábado. Mesmo com padrão salarial alto nos últimos anos da carreira, o jogador aceitou se colocar na atual difícil realidade financeira do Leão. A vontade em aceitar a proposta e a forma que se comportou em facilitar a ida para a Ilha do Retiro fez com que o grupo de diretores não tivesse mais dúvida, mesmo tendo por bastante tempo avaliado o período que atleta ficou sem atuar.

O contrato de Sammir com o Sport será segmentado por algumas metas. O que se sabe nos bastidores é que apesar de acreditar muito no meia, o Leão não perderá tanto caso exista insucesso. Pela confiança no atleta e pelas condições favoráveis, os cartolas fizeram tudo para esconder o jogo depois que o sistema Jornal do Comércio vazou a noticia da negociação em curso. Naquela hora,  o brasileiro-croata já estava com tudo alinhado verbalmente e até com passagens comparadas para chegar ao Recife na manhã desta segunda-feira. Mas sem assinatura do contrato, o comportamento adotado foi de total precaução.

De momento, resta a vários rubro-negros a pergunta: Quem é Sammir? Apesar de experiente e atleta de Copa do Mundo, o jogador é totalmente desconhecido no Brasil. Aos torcedores, ficam os vídeos no Youtube e a grande curiosidade guardada para quando o baiano de Itabuna entrar em campo. Voltando ao tempo, a VAVEL Brasil traz algumas curiosidades sobre o jogador.

Subida ao profissional com apenas 16 anos

Tudo no futebol aconteceu bem rápido para Sammir. Avantajado fisicamente desde jovem e ao mesmo tempo muito técnico, o jogador passou a superar etapas. Quando chegou ao Athletico Paranaense com idade de juvenil foi logo transferido para o time de juniores depois dos primeiros treinos. Lá, o passo também foi rápido. Aos 16 anos e ainda com idade de juvenil, o até então garoto foi integrado ao time principal com participação indireta e direta de dois profissionais que já passaram pelo Sport: Rodriguinho e Edinho Nazaré. O volante abriu espaço quando emprestado, e o treinador escolheu Sammir para ocupar o lugar vago no elenco.

Título com a Seleção Brasileira

Hoje “croata”, Sammir já levantou troféu vestindo verde e amarelo. Em 2005 a Seleção Brasileira sub-18 foi campeão do Torneio Sendai, no Japão. Destaques do time? Sammir e Lucas Leiva. O volante foi eleito craque da competição, enquanto o meia-atacante era o camisa 10 e se destacou com cinco assistências. Daquele elenco, Eduardo Ratinho e Edmilson já passaram pelo Sport.

Passado de indisciplina e arrependimento

Em 2006, Sammir foi um dos reforços do Paulista para a disputa da Libertadores. As coisas, no entanto, não saíram conforme o esperado. Irritado por não ser relacionado em um jogo, o atleta deixou a delegação e voltou para Curitiba pedindo para que o Athletico encerasse seu empréstimo. Como resposta a atitude do jogador, o técnico Vagner Mancini na época disparou em tom crítico: “ele nos fez um favor em pedir para sair”. Em seus primeiros anos na Croácia, Sammir também se envolveu em polêmicas, sendo inclusive dispensado do Dinamo Zagreb.

Lembrado do passado polêmico por um jornalista brasileiro quando estava na disputa da Copa do Mundo em 2014, Sammir resumiu o que aconteceu como “Coisa de menino”, e garantiu se arrepender. Tendo passado muito perto de rescindir o contrato e voltar ao Brasil, acabaria virando ídolo no Zagreb e se consagrado no futebol croata.

Notado por Givanildo Oliveira

Quando voltou do Paulista e continuou treinando no Athletico, Sammir logo receberia chances de outra vez aparecer no elenco do Furacão. Observando o rendimento nos treinos do ainda jovem promissor, Givanildo Oliveira deu atenção especial a Sammir e tinha a intenção de usá-lo. Em fim de contrato e com a recusa de renovar com o CAP, a ideia acabaria não saindo do papel, já que a cúpula de futebol dos paranaenses resolveu não lançar um atleta que optou não ter futuro no clube.

Multicampeão

Fincado na história do Dinamo de Zagreb, Sammir tem números avassaladores na carreira. Em 15 temporadas, o novo meia do Sport possui a marca expressiva de 15 títulos. A maioria destes na Croácia, onde foi tetracampeão da Copa nacional e Octacampeão da Liga.

Escolhido no lugar de Jadson

Peça crucial do Corinthians e um dos principais jogadores do Brasil em 2015, Jadson quase foi embora meses antes de ser campeão brasileiro. O 10 do Timão era dado como certo no Jiangsu Sainty. De última hora, porém, o time chinês anunciaria a contratação de Sammir. Treinado por Quique Flores no Getafe, Sammir foi escolha pessoal do técnico espanhol que havia acabado de deixar o clube de Madrid para ter experiência na China. A negociação envolveu cerca de cinco milhões de euros (pouco mais de 20 milhões de reais).

Santos ficou no quase

Recentemente, Sammir esteve muito perto de entrar em campo na Serie A do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua carreira. Indicado por Cuca, que o viu jogar na China, ele chegou a acertar um contrato de produtividade com o Peixe. Após ir ao CT Rei Pelé e passar por procedimentos de praxe para assinatura do contrato, as partes acabaram desistindo devido ao litígio do meio-campista com seu último clube.

MEDIA: 4VOTES: 2
VAVEL Logo