Chapecoense encara Marcílio Dias pela primeira rodada do Catarinense
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Chapecoense encara Marcílio Dias pela primeira rodada do Catarinense

Com baixas importantes no elenco e em busca do título, a Chape inicia temporada diante do Marinheiro, que volta da Segunda Divisão

jullianapaulino
Julliana Paulino

Após quase quatro anos sem se encontrarem, Chapecoense e Marcílio Dias se enfrentam novamente pela primeira rodada do Campeonato Catarinense. A divisão é a mesma, mas os objetivos ainda são diferentes: O Marinheiro tem o foco em permanecer na Série A do estadual, já a Chape quer o título da competição. As equipes se enfrentam nesta quinta-feira (17), às 21h.

O Verdão conquistou 41 pontos no Catarinense da temporada passada, com 18 partidas, 12 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota, mas acabou ficando na vice-liderança após perder em casa por 2 a 0 contra o Figueirense, que foi o campeão. 

Já na segunda divisão do campeonato do mesmo ano, o time rubro-anil conquistou o acesso à elite do futebol catarinense, retornando pela primeira vez após o rebaixamento de 2015. A campanha de 9 partidas, sete vitórias, um empate e uma derrota deu ao Marcílio Dias a taça de campeão em 2018.  

No último jogo das equipes a Chape venceu fora de casa com gols de Bruno Rangel e Dener, placar final 2 a 0. O confronto desta quinta-feira (17) será o primeiro desde então. 

Desfalques importantes acompanham Chapecoense na primeira rodada  

O time alviverde não conta com o goleiro João Ricardo, que sofreu lesão muscular de grau 1 na coxa esquerda. O retorno dele aos gramados deve ser apenas na próxima semana, motivo que o tira da primeira rodada do Estadual.

O atacante Aylon, recém contratado, também fica fora do primeiro jogo após lesão no tornozelo, mas que já está realizando o processo de reintegração com o time, sendo peça provável para a segunda rodada do campeonato. 

Também há mudanças na defesa, após saída recente de Fabrício Bruno, o zagueiro Rafael Pereira é o favorito para ocupar a vaga. O goleiro Ivan, ex-Joinville, será o titular na partida após ter sido guarda-redes apenas duas vezes em 2018. 

Segue abaixo a provável escalação da Chapecoense: 

Foco em vencer e aproveitar as oportunidades

O zagueiro Douglas, capitão do Verdão em 2018 e peça fundamental para a permanência do time na Série A, está com trabalhando firme para essa temporada e pede foco da equipe. O jogador afirma que o time vai buscar de novo estar na final e, dessa vez, sair vitorioso. No entanto, Douglas mantém o pé no chão e garante respeito ao adversário.

"Temos que encarar com muita seriedade. Não podemos menosprezar jamais a equipe do Marcílio Dias. Temos que encarar a equipe do Marcílio Dias como qualquer outra equipe de Série A. Não podemos jamais desprezar o adversário para não ser surpreendidos. Seriedade total. E independente do adversário, buscar sempre a vitória", afirmou.

O jogador ainda disse a dificuldade de trabalhar e preparar uma equipe para estrear em 15 dias, mas que o time vai procurar se empenhar ao máximo em todos os treinamentos. Douglas acredita que a Chapecoense estará no seu ideal na terceira ou quarta rodada, quando houver mais ritmo de jogo.

Welligton Paulista, quer buscar coisas grandes para a Chapecoense esse ano. O atacante ressaltOU a importância do entrosamento dos jogadores e comentou sobre o condicionamento físico, enfatizando que o mais importante é estar bem fisicamente. Sobre a estreia do catarinense, o camisa 9 pede calma e foco.

"A gente sabe da qualidade do time adversário, vamos estudar eles também, eles estão treinando a mais tempo, e temos que ressaltar isso. Mas temos que buscar a vitória a todo momento. A gente vai estar jogando dentro de casa, com o apoio do nosso torcedor, e é o primeiro jogo do ano. Não tem que bater a loucura em ninguém, de ir pra frente e tomar contra-ataque. A gente tem que ter a bola no pé, controlar o jogo. Tem 90 minutos pra gente jogar e vencer o jogo", concluiu o atacante.

Já para o zagueiro Joilson, a oportunidade está batendo na porta. No Campeonato Catarinense a Chape pretende colocar em campo o time reserva, o garoto é um dos contratados para a temporada e vê a chance como "oportunidade única na vida" e promete confiança em fazer bom ano pelo Verdão, a começar pelo estadual.

"Espero vestir essa camisa com muita garra, com muita vontade. Estou com muita vontade de crescer. É uma oportunidade única na minha vida. O pensamento é positivo. De ser campeão. Sabemos da dificuldade, porque tem bastante equipes que estão se reforçando, montando grandes elencos, mas temos que acreditar em nós", disse o zagueiro.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo