Após bom ano no Ceará, Leandro Carvalho volta ao Botafogo: "Quero mostrar meu futebol"
Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Após bom ano no Ceará, Leandro Carvalho volta ao Botafogo: "Quero mostrar meu futebol"

Atacante de 23 anos teve uma primeira passagem apagada pelo Glorioso, mas volta fortalecido do Vozão 

adaniasouza
Adânia Souza

Leandro Carvalho está de volta ao Botafogo após ótimas atuações na campanha que salvou o Ceará do rebaixamento. O atacante foi para Vozão em julho, por empréstimo, marcou cinco gols em 20 partidas e agora retorna para o clube que detém seus direitos econômicos. Nesta segunda-feira (14), Leandro falou sobre os desafios desta nova fase e relembrou as dificuldades que enfrentou no passado, em entrevista coletiva no Estádio Nilton Santos.

"Espero jogar no Botafogo como joguei com a camisa do Ceará ou até melhor. Volto para ajudar o clube e quero estar sempre ajudando meus companheiros. Todo mundo precisa estar jogando e procurando dar o máximo no dia a dia. Se Deus quiser, vai ser muito bom com a camisa do Botafogo."

A primeira passagem de Leandro por General Severiano se resumiu em quatro jogos e não deixou saudades para a torcida gloriosa. O jogador de 23 anos sofreu com lesões, pela primeira vez em sua carreira, e manifestou, para Anderson de Barros, gerente de futebol do Botafogo, a vontade de sair na tentativa de reencontrar seu futebol.

"Meu início no Botafogo não foi muito bom. Tive infecção hospitalar, tive que operar o menisco, depois veio o tornozelo. Coisas que mexeram com a minha cabeça e me deixaram para baixo. Fui para o Ceará, me senti bem lá, com o apoio da torcida e pude dar a volta por cima. Na verdade, a gente queria continuar aquele trabalho. Mas dei minha palavra para o Anderson que voltaria para cá quando acabasse o campeonato. Agora quero mostrar meu futebol no Botafogo.”

Leandro pode fazer sua reestreia já na primeira rodada do Campeonato Carioca. O Botafogo visita o Cabofriense, no Moacyrzão, às 19h do próximo domingo (20). O atacante deve assumir a vaga de Erik, que retornou ao Palmeiras. "Time grande tem que começar ganhando, mas não vejo como pressão. Temos que colocar em prática o que estamos trabalhando e buscar esses três pontos", concluiu.

VAVEL Logo