Em processo de transição, Marcelo Mattos comemora volta aos gramados
(Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco.com.br)

Em processo de transição, Marcelo Mattos comemora volta aos gramados

Volante cruzmaltino ressaltou também a evolução no quadro da sua lesão e da felicidade de estar voltando ao trabalho com os companheiros

andreandrade
André Andrade

Dentre todos os reforços apresentados para a temporada 2019, pode-se dizer que o mais comemorado, pelo menos internamente, foi a volta do volante Marcelo Mattos. O atleta foi relacionado para participar da pré-temporada do Vasco da gama em Atibaia juntamente com todo o elenco do técnico Alberto Valentim.

Logo após passar por cerca de cinco cirurgias e ficar dois anos sem pisar nos gramados com a camisa cruzmaltina, o jogador sabe da dificuldade que vai enfrentar, principalmente física, mas, de acordo com ele, é seguir com o objetivo de voltar à plenitude. 

"Essa é minha pré-temporada mais especial. Mais especial do que o começo da carreira e todos os títulos. Aprendi a nunca desistir. Foram dois anos de muita dor. Estou muito feliz de poder fazer parte dessa pré-temporada em Atibaia com a equipe. Tem muita coisa a ser feita para chegarmos aos 100%. A galera está fisicamente bem melhor que eu. Meu papel agora é continuar o trabalho juntamente com o pessoal da fisioterapia e da preparação física para alcançar o meu objetivo que é voltar a jogar uma partida", disse o volante.

Mesmo em fase de transição e ainda com sessões de fisioterapia, o volante não fugiu das suas características e treinou forte, dando carrinhos e se entregando fisicamente nas jogadas. A atitude foi elogiada pelo treinador do gigante da colina durante os treinamentos.

"É uma felicidade enorme estar treinando com bola. Às vezes não treino com a equipe, mas estou trabalhando a parte física gradativamente. Não pode ser nada muito forte para não voltar a sentir. Até a parte muscular. Quando eu entro em campo vai ser sempre do mesmo jeito. São minhas características, atuar desse jeito. Espero seguir evoluindo bem e voltar a jogar o mais rápido possível", exaltou o jogador.

Apesar de estar colhendo os frutos do árduo trabalho extra-campo, Marcelo Mattos contou sobre o processos cirúrgicos que enfrentou e de como lidou psicologicamente com isso. Segundo ele, a vontade de voltar a fazer o que mais gosta (jogar futebol) foi importante em cada procedimento clínico.

"Cada cirurgia que eu fazia, ganhava mais força. Quanto maior era a dificuldade, maior era a vontade de voltar a jogar futebol. Ainda não realizei esse desejo, não atuei num jogo-treino ou numa partida oficial, mas estou muito feliz com o que está acontecendo, o que estou sentindo com meu corpo e tem grandes possibilidade de eu voltar a jogar futebol", finalizou.

Enquanto ainda não tem condições de ajudar o expresso da vitória, o volante vai torcer pelos companheiros na estreia do Vasco no Campeonato Carioca diante do Madureira, no Sábado (19), às 16h50, em Conselheiro Galvão.

VAVEL Logo