Com segundo tempo letal, Vasco bate Coritiba e vai às quartas da Copa São Paulo
Foto: Reprodução/Vasco 

Com segundo tempo letal, Vasco bate Coritiba e vai às quartas da Copa São Paulo

Lucas Santos marcou duas vezes e foi destaque da classificação vascaína

italo-bruno
Ítalo Bruno

Nesta quarta-feira (16), Coritiba e Vasco se enfrentaram pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A partida realizada no Canindé teve poucas chances claras, mas o time da Colina teve o brilho do garoto Lucas Santos e deslanchou na segunda etapa, garantindo classificação para a fase de quartas de finais com vitória por 3 a 0.

Com um primeiro tempo truncado, o Coritiba se preocupou em se defender durante os 25 primeiros minutos. Período em que o Vasco adiantava a sua marcação, atrapalhava a saída de bola adversária, mas não obtinha êxito na criação e conclusão das jogadas.

Aos 27, o Coritiba resolveu sair  e passou a ser melhor que o Vasco, que parecia ter cansado. E embora tenha criado a melhor chance do jogo, a equipe paranaense não conseguiu tirar o zero do placar no primeiro tempo.

As duas agremiações precisavam do gol, e por isso o segundo tempo começou um pouco menos truncado que o primeiro. Até que aos 22, pênalti polêmico  para o alvinegro. Os jogadores e comissão técnica do Coritiba apontavam para uma falta fora da área, mas a arbitragem não voltou atrás. Lucas Santos que não tinha nada a ver com isso, deslocou o goleiro e abriu o placar: 1 a 0.

Era tudo ou nada para a equipe do Coxa, que se lançou ao ataque, e até obrigou o goleiro vascaíno a trabalhar, mas aos 32 o time da colina teve escanteio ao seu favor, e na primeira trave subiu Bruno Gomes sozinho, que não perdoou e ampliou para o time de São Januário: 2 a 0.

O Vasco tentava apenas manter a bola no ataque, o Coritiba buscaba aquele gol que pudesse apimentar o jogo nos minutos finais. Só que em jogada pelo lado direito de ataque carioca, a zaga paranaense até tentou afastar o perigo, mas a bola sobrou para Lucas Santos, e o camisa 10 do Vasco teve tranquilidade para dominar a bola, ajeitar o corpo e bater rasteiro no canto direito do goleiro.

No final os vascaínos presentes no Canindé chegaram a esboçar gritos DE "Olé!". Os meninos da colina agora enfrentam o Volta Redonda nas quartas de final. Confronto carioca que definirá quem avançará e ficará entre os quatro melhores times da competição.

VAVEL Logo