Sem titulares, Chapecoense enfrenta Metropolitano pelo Catarinense 
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Sem titulares, Chapecoense enfrenta Metropolitano pelo Catarinense 

Metrô busca reação contra a Chape, que entra em campo com reservas

jullianapaulino
Julliana Paulino

Após estreia com vitória no Campeonato Catarinense, a Chapecoense viaja à Blumenau para enfrentar o Metropolitano pela segunda rodada do Estadual. O Verdão conseguiu 1 a 0 no último jogo, já o Metrô vem de uma derrota de 4 a 0 para o Avaí. 

Com agenda de confrontos apertada e preservando jogadores contra possíveis lesões, a Chape joga com time reserva. A decisão foi do técnico Claudinei Oliveira em apoio e consenso com o restante da equipe, que concordaram que era preciso poupar atletas nas primeiras rodadas para evitar exaustão e complicações musculares. 

“Dentro da previsão de jogarmos jogo sim, jogo não com as equipes, o objetivo foi alcançado. Temos que entender que estamos, ainda, em pré-temporada. Temos que ter a equipe pronta para o próximo jogo. Não podemos correr risco de lesão neste início ou minimizar o risco de lesão, porque o futebol é um esporte de lesão, e a maneira que nós achamos que é mais prudente é ter um atleta pronto pra próxima competição. Como nós temos um grupo homogêneo em termos de qualidade, optamos por dar um descanso para a equipe que iniciou o Campeonato. E é um descaso ativo, porque eles fizeram trabalho regenerativo” explicou Robson Gomes, preparador físico da Chape.

Além disso, o técnico acredita que o "rodízio" de jogadores no Catarinense é importante para dar experiência e chances para novas peças, como o zagueiro Joilson, que estreia hoje com a camisa alviverde. 

Provável Chapecoense: Ivan; Marcos Vinícius, Joílson, Luiz Otávio e Alan Ruschel; Orzusa, Elicarlos e Yann Rolim; Roberto, Bruno Silva e Lourency.

Provável Metropolitano: Igor Koehler; Paulinho, Clau, Café e Jefinho; Leandro Melo, Negueba, Michel Schmöller, Ari Moura e Netinho (Bruninho); Trípodi. Técnico: Marcelo Mabília.

VAVEL Logo