Tiago Volpi elogia estreia do time e destaca importância do clube: "Estou ciente do que é defender essa camisa"
Foto: Divulgação / São Paulo

Tiago Volpi elogia estreia do time e destaca importância do clube: "Estou ciente do que é defender essa camisa"

Goleiro parabenizou os colegas pelo desempenho na goleada contra o Mirassol e tem consciência da importância de vestir a camisa do clube

isabella-molina
Isabella Molina

O goleiro Tiago Volpi estreou oficialmente pelo São Paulo no último sábado (19), em partida válida pelo Campeonato Paulista, contra o Mirassol. O Tricolor goleou o adversário por 4 a 1.

Volpi, que tem contrato de empréstimo com o clube paulista até dezembro, com opção de compra, conquistou a vaga de titular pelo que apresentou nos treinos e pelo desempenho no Torneio da Flórida.

O atleta se vê em condições de ser titular ao longo do ano e afirmou que enxerga como responsabilidade a posição.

“Não vejo como pressão, vejo como responsabilidade. Fiquei muito tempo fora. Infelizmente, o futebol mexicano não é muito acompanhado, mas é um futebol de um nível impressionante, de um poder financeiro impressionante. Isso prova que lá existem jogadores de qualidade”, disse o jogador.

Volpi também declarou que sabe o quão importante é defender o Tricolor.

“Agora, ganho essa oportunidade de vestir a camisa do São Paulo. Estou ciente do que é defender essa camisa e, se não soubesse, teria ficado lá. Se eu vim, foi porque eu quis. Com o tempo, espero mostrar meu trabalho e conquistar a posição”, acrescentou.

Quando questionado sobre a sombra de Rogério Ceni, o goleiro afirmou que sabe que nunca haverá alguém igual, mas espera fazer seu trabalho da melhor maneira possível.

“É normal, todos sabem da história do Rogério. Isso jamais será apagado, mas no final temos que entender que igual ao Rogério nunca haverá, por isso ele é o Mito. Espero poder, de pouquinho em pouquinho, fazer o meu trabalho da melhor maneira possível”, ressaltou.

Para Volpi, o fato de não ter sido exigido na goleada sobre o Mirassol, mostra consistência na defesa da equipe.

“Acho que isso prova a consistência do time. Muitas vezes, quando o goleiro não é exigido, é porque o time está começando a ter uma consciência defensiva. Quero felicitar o trabalho da linha de quatro e também ao Jucilei, que dá proteção para a zaga”, finalizou o goleiro.

O São Paulo volta a campo, com Volpi de titular, na próxima quinta-feira (24), às 21h, contra o Novorizontino.

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo