Diante de tropeço e protestos da torcida, Zé Ricardo reforça: "Entrosamento vem com o tempo"
Foto: Reprodução/Botafogo

Diante de tropeço e protestos da torcida, Zé Ricardo reforça: "Entrosamento vem com o tempo"

Após empate sem gols com o Bangu, técnico do Botafogo afirmou que confia em seu plantel e que a evolução será gradativa 

adaniasouza
Adânia Souza

Jogando em casa, o Botafogo amargou um 0 a 0 contra o Bangu na noite dessa quarta-feira (23). A má atuação da equipe desagradou aos  2.905 presentes, que ensaiaram vaias no intervalo e pediram por reforços após o apito final. Em entrevista coletiva após o jogo, Zé Ricardo, técnico alvinegro, afirmou não concordar com o protesto vindo da arquibancada.

"A evolução será gradativa, o entrosamento vem com o tempo. Sempre respeitamos a opinião da torcida, ela que faz o clube, seja a de um estádio cheio ou até um pouco vazio, como hoje. Mas não somos obrigados a concordar. Gritar ''time sem vergonha''... Rebato isso de forma veemente. Sei do grupo que tenho, de muito brio e que vai dar a resposta. Pode demorar mais ou menos. Procuramos tentar fazer um jogo mais elaborado. Ficou muito aberto, esse tipo de jogo não é nem de perto o que a gente deseja. Temos que tirar essa lição para os próximos."

Com a derrota na primeira rodada, contra o Cabofriense, e o empate dessa quarta, o Alvinegro aposta suas fichas no clássico. Pela terceira rodada da Taça Guanabara,  o Alvinegro recebe o Flamengo às 17h do próximo sábado (26), no Estádio Nilton Santos. Zé Ricardo foi conservador ao analisar a partida.

"Vai ser um jogo difícil, mas temos o fator casa ao lado e uma vontade grande de evoluir e vencer. Tomara que a gente esteja bem equilibrado e concentrado, vou cobrar isso. Flamengo é favorito, já tem uma equipe forte e, se bobear, eles têm uma capacidade técnica de definir a partida."

Zé Ricardo já deixou claro que não tem uma escalação definitiva e vem fazendo testes, juntamente com o departamento médico, nesse início de temporada. O comandante comentou a atuação de algumas peças no duelo contra o Bangu.

"Gabriel se portou bem, estava preparado. É jovem, mas tem experiência. Alex Santana sentiu a volta, teve queda de rendimento natural no segundo tempo. Luiz Fernando ainda precisa evoluir. Alessandro entrou com espaço, fez boas jogadas, mas depois abafou pelo entusiasmo, ansiedade. Demonstra a inexperiência que tem em partidas de Série A."

O técnico ainda falou sobre a renovação de seu contrato, que foi estendido até o final da temporada de 2019. "Acredito no Botafogo e o Botafogo acredita em mim. Tomara que isso perdure durante todo o período de extensão do contrato", concluiu Zé Ricardo. 

VAVEL Logo