Com chuva e paralisação, Chapecoense vence o Criciúma na Arena Condá
Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

Com chuva e paralisação, Chapecoense vence o Criciúma na Arena Condá

Chape superou temporal e fez 1 a 0 em confronto equilibrado pela terceira rodada do Campeonato Catarinense

jullianapaulino
Julliana Paulino

A chuva até tentou impedir, mas a bola rolou em Chapecó! Em jogo puxado, longo e com paralisações, a Chapecoense derrotou o Criciúma em casa por 1 a 0 com gol de Victor Andrade nesta quarta-feira (23), na Arena Condá, pela segunda rodada do Campeonato Catarinense.

A primeira etapa teve grande parte comandada pelo Tigre, o time visitante ditou o jogo com paciência e passes elaborados, chegou com perigo algumas vezes e obrigou o goleiro alviverde fazer boas defesas.  

A Chape também conseguiu assustar o goleiro adversário, aos 17 minutos Rafael Pereira, cobrou a falta direto pro gol e o guarda-redes do Tigre espalmou para salvar o time visitante. O Verdão teve seguidas cobranças de falta e escanteio, mas nenhuma finalizou em gol.

No final do primeiro tempo o Criciúma chegou a marcar, a jogada partiu de Zé Augusto tocando de cabeça para Marcinho, que completou para o fundo da rede. No lance foi marcado o impedimento do jogador e o gol foi anulado. 

Com chuva forte em Chapecó, o início do segundo tempo foi marcado com muita água no gramado, a partida foi iniciada normalmente, mas interrompida aos sete minutos da segunda etapa. O árbitro, juntamente com os capitães e técnicos de ambas equipes, conversaram e decidiram realizar a paralisação por causa da chuva.

Após os 30 minutos obrigatórios de acordo com a determinação do Regulamento Geral de Competições, o juiz determinou aguardar mais meia hora para o retorno da partida. Os assistentes foram aplaudidos pela torcida da Chape ao entrarem no gramado com utensílios domésticos para ajudar a drenagem da Arena Condá. 

O jogo retornou após quase uma hora de paralisação e logo nos primeiros minutos a Chapecoense já assustou o Criciúma, o goleiro do Tigre defendeu o chute do Lourency, que em seguida cruzou para Welligton Paulista, que errou a cabeçada e desperdiçou uma grande oportunidade.

Mas a Chape não desperdiçou outra, aos 78 minutos, Victor Andrade recebeu na área, dominou e bateu com estilo no cantinho para abrir o placar. A Chapecoense saiu na frente com um belo gol e tomou conta do segundo tempo. 

Após 107 minutos de jogo, soou o apito final que definiu a vitória do time da casa. O próximo compromisso da Chape é contra o Joinville no próximo sábado (26), já o Criciúma recebe o Atlético Tubarão no domingo (27), pela quarta rodada do Campeonato Catarinense.

VAVEL Logo