Mano aprova atuação do Cruzeiro sobre o Patrocinense e frisa:"A cobrança que nos faz crescer"
(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C)

O Cruzeiro venceu a equipe do Patrocinense na noite desta quarta-feira (23) no Estádio Mineirão, pela segunda rodada do campeonato regional. O clube azul celeste venceu a segunda e manteve os 100% de aproveitamento.

O técnico Mano Menezes fez um balanço dos 90 minutos da raposa frente ao Patrocinense, que teve mais tempo de preparação de pré-temporada.

"Gostei da atuação, óbvio que teríamos algumas dificuldades. O Patrocinense é um time bem postado, sabe impor esse tipo de dificuldade, na parte defensiva, principalmente. Aí requer um jogo mais de construção com mais qualidade. Não é pela falta de qualidade dos jogadores que não conseguimos fazer tão bem, mas sim pela falta de entrosamento, de ritmo. O adversário teve 30 dias a mais de preparação, então, sofremos um pouquinho".

"A equipe como um todo foi bem, teve bom controle de jogo, não se precipitou para construir a vitória, não quis resolver de qualquer jeito. Demos poucos contra-ataques a eles. Importante fazer a vitória nessas circunstâncias. A cobrança existe em todos os momentos e a cobrança que nos faz crescer, com o comprometimento, o talento dos jogadores. Alguns erros podem ser colocados na faixa dos erros normais. Mas a gente nunca fica satisfeito com erros, eles sabem", disse o comandante à imprensa após o fim da partida".

Deivid, que marcou o único gol da partida, ganhou oportunidade neste início de temporada em razão da lesão do meia Thiago Neves. Contudo, Deivid saiu machucado do jogo durante o segundo tempo. Segundo Mano Menezes, a possível lesão do jogador não é motivo de ir ao mercado novamente, e adiantou que Thiago Neves pode voltar ao time contra o Galo, no domingo.

"Não, não precisa olhar mercado não. Vai ter um time bom em campo domingo, às 11h da manha, horário de sol legal. O Rafinha corre pra caramba, vai estar aí para fazer a função do David, se ele não puder jogar. Temos a volta de Thiago, que podemos usar durante alguns minutos no clássico também. Vamos ter uma equipe boa, não precisaremos ir ao mercado não, o torcedor pode ficar tranquilo", frisou.

Por fim, sobre os estreantes da noite - lateral-direito Orejuela e volante Jadson -, Mano ponderou que os jogadores irão evoluir assim que obtiverem mais entrosamento com o elenco cruzeirense.

"Jadson estreou com um pouquinho de dificuldade, depois cresceu no segundo tempo. Orejuela também foi bem. É jogador audacioso, incisivo em termos de apoio, mas não é preguiçoso para voltar, na recomposição. A tendência é crescer, na medida em que forem se conhecendo mais. Acho que todos foram bem de modo geral", finalizou.

A equipe celeste tem pela frente agora o clássico contra o Atlético-MG, no próximo domingo (27), às 11h, no Mineirão. A vitória pode valer a liderança do Campeonato Mineiro para a raposa.

VAVEL Logo