Repetindo 1992, São Paulo e Vasco se enfrentam na decisão da Copa São Paulo

Foto: Rodrigo Corsi / FPF

Repetindo 1992, São Paulo e Vasco se enfrentam na decisão da Copa São Paulo

Tricolor busca o tetracampeonato em sua 11ª decisão; Gigante da Colina tenta o segundo título

isabella-molina
Isabella Molina
São PauloThiago Couto; Caio, Tuta, Morato e Welington; Diego, Rodrigo Nestor e Paulinho; Antony, Fabinho e Gabriel Novaes. Técnico: Orlando Ribeiro
vascoAlexander; Tenório, Norões, Ulisses e Coutinho; Bruno Gomes, Linnick e Caio Lopes; João Pedro, Lucas Santos e Tiago Reis. Técnico: Marcos Valadares
INCIDENCIASFinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Estádio do Pacaembu

A final da Copa São Paulo de Futebol Júnior será decidida entre São Paulo e Vasco acontecer no Estádio do Pacaembu, nesta sexta-feira (25), como acontece tradicionalmente todo ano, no aniversário da cidade de São Paulo. A partida está marcada para às 15h30.

Assim, os times repetem a final de 1992, quando o Gigante da Colina conquistou seu único título na competição.

Tricolor em busca do quarto título

O São Paulo foi a primeira equipe que se classificou para a final, batendo o Guarani por 5 a 2 na Arena Fonte Luminosa. O clube paulista chega à decisão da Copinha com seis vitórias e dois empates, partidas em que marcou, ao total, 26 gols e sofreu sete.

Campeão em 1993, 2000 e 2010, o Tricolor Paulista busca seu tetracampeonato na Copa São Paulo. Essa é a 11ª vez que o clube chega à final da competição.

Orlando Ribeiro, treinador da equipe, sabe que o aprendizado obtido na competição tem mais importância que o título. “É muito mais importante chegar a uma fase final com a consciência de que vai vencer mais à frente. O aprendizado é mais importante do que o título”¸ ressaltou o técnico.

Antony, que marcou três gols na competição, frisou que chegar à final é um sonho da equipe. “É um sonho desde criança. Desde menino, a gente sempre quis, e agora está realizando. É muito incrível, muito especial”, destacou o atacante.

O meia Gabriel Sara, lesionado, e o atacante Danilo, que está suspenso, serão os desfalques do Tricolor no jogo.

Provável escalação: Thiago Couto; Caio, Tuta, Morato e Welington; Diego, Rodrigo Nestor e Paulinho; Antony, Fabinho e Gabriel Novaes

Vascão preparado

Após se classificar nos pênaltis contra o Corinthians, por 4 a 3, depois de empatar por 2 a 2, o Vasco participa da final pela terceira vez e busca seu segundo título na competição. O primeiro foi conquistado contra o próprio São Paulo, em 1992. Depois de empatar por 1 a 1 no tempo regular, o Gigante da Colina venceu nos pênaltis por 5 a 3.

O clube ganhou cinco vezes e empatou três nesta edição da Copinha. Em 1999, a equipe carioca foi vice-campeã contra o Corinthians, que venceu por 1 a 0.

O comandante do Vasco, Marcos Valadares, tem consciência que a audiência e a cobertura que a competição tem influencia no emocional dos jogadores.

“A Copa São Paulo tem peculiaridades, como jogos com público bom, que ajudam na formação. São jogos com público, com mídia, que influenciam no emocional do atleta, e se ele consegue se sobressair, demonstra que está muito perto do profissional”, disse o técnico.

Lucas Santos completou o discurso do treinador, falando sobre a grandeza do campeonato. “A gente tem um período de aprendizagem na base e tem esse pensamento de chegar ao profissional, mas pensa primeiro em disputar uma Copa São Paulo, com a imensidão deste campeonato. Ter a oportunidade de chegar a uma final é especial para nós”, complementou o atleta

O jogador também afirmou que a atual equipe sabe da história do clube e que também pretende ficar marcada na trajetória do Vascão, por isso estão bem focados.

“A gente sabe da história, do passado, Valdir Bigode, Pimentel. A gente buscou fazer igual. Queremos o título, mas o importante é mostrar um trabalho bom. Estamos bem focados. Sabemos da qualidade da escola do São Paulo, mas também temos. Queremos uma história bonita para ficar marcados na história do Vasco”, destacou.

O zagueiro Miranda é o desfalque do clube carioca na etapa final da Copinha.

Provável escalação: Alexander; Tenório, Norões, Ulisses e Coutinho; Bruno Gomes, Linnick e Caio Lopes; João Pedro, Lucas Santos e Tiago Reis

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo