Após derrota no Derby, Felipão despista sobre arbitragem: " É capaz de ter mais um processo"

Após derrota no Derby, Felipão despista sobre arbitragem: " É capaz de ter mais um processo"

Técnico do Verdão falou sobre desempenho de sua equipe no clássico e relembrou caso de processo do irmão do árbitro da partida

barbara-mattana
Barbara Mattana

Em partida válida pela 5° rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras recebeu o Corinthians em sua casa e teve sua invencibilidade quebrada em jogo que lembrou muito os clássicos de 2017.

Com o time retrancado, o Corinthians saiu pouco para o ataque e, aos 7 minutos do primeiro tempo, abriu o placar com Danilo Avelar, em jogada que teve início em uma cobrança de falta. A partir daí, o Palmeiras se manteve no ataque alçando muitas bolas na área, mas sem sucesso. Ao final do jogo, o verdão ainda teve um desfalque com a expulsão de Deyverson, por cuspir em Richard.

Em entrevista coletiva, o técnico Felipão não quis comentar sobre a arbitragem, alegando que "É capaz de ter mais um processo", fazendo referência a vez em que foi processado pelo irmão de Luiz Flávio de Oliveira (árbitro do jogo), Paulo César de Oliveira.

Questionado sobre Carlos Eduardo, que não fez um bom jogo, errando vários passes e ainda perdendo um gol de cabeça, Scolari defendeu o jogador: "Erra todo mundo, acerta todo mundo, não há problema nenhum. Temos jogadores com as mesmas características e por isso ele foi substituído (...) aos poucos vai se adaptar, vai errar, vai acertar, e aí vai estar com menor preocupação na hora em que erra".

O jogo foi marcado pelas inúmeras chances desperdiçadas pelo time alviverde na jogada aérea e o técnico reconheceu isso; "eles tem treinado bem, razoavelmente acertado de 6 em 10 e, aqui, nós erramos de 10, 11 (...) não conseguimos concluir." 

O que se esperava para o clássico, era Prass no gol, ao invés de Weverton e, quanto a isso, "ninguém sabe, só eu que sei" (sobre o rodízio) ressaltou o técnico.

O peso de perder um Derby é sempre grande, "bastante ruim", mas Felipão preferiu focar nos 3 pontos perdidos que, para ele, "também é importante vencer outros adversários (...) Se não vencermos, não somamos os pontos necessários para a classificação".

Sobre a expulsão de Deyverson, o técnico disse que, se foi pela cuspida, foi bem expulso. "É o mínimo que o árbitro deveria fazer" (...) Tem que ter respeito."

Após a partida, Deyverson se desculpou pelo ocorrido via Instagram: "(...) peço desculpas ao Richard, jogador do Corinthians, aos meus companheiros, comissão técnica, aos torcedores do Palmeiras e a todos que estavam assistindo o jogo. (...) Não acontecerá novamente e vou continuar trabalhando muito para voltar a dar alegrias para a torcida do Palmeiras."

Mesmo com a derrota, o Palmeiras segue líder do grupo B com 10 pontos, tendo a chance de ampliar sua pontuação na próxima rodada, contra o Bragantino, no dia 11/02 às 20h no Allianz Parque.

MEDIA: 4.8VOTES: 4
VAVEL Logo