Rodolfo Landim manifesta tristeza após incêndio no Ninho do Urubu: "Estamos todos consternados"
(Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Rodolfo Landim manifesta tristeza após incêndio no Ninho do Urubu: "Estamos todos consternados"

Presidente do Flamengo falou com a imprensa após se reunir com dirigentes no Ninho do Urubu; tragédia é a pior da história centenária do Rubro-Negro, e vitimou 10 pessoas

rafalisboa
Rafael Lisboa

O futebol carioca amanheceu de luto. Na madrugada dessa sexta-feira (8), um incêndio atingiu o alojamento das categorias de base do Flamengo no CT do Ninho do Urubu, em Vargem Grande (RJ). Ao todo, 10 pessoas morreram, e oito foram confirmadas como jogadores do clube, e três pessoas ficaram feridas, sendo uma em estado grave.

Na última quarta-feira (6), um forte temporal atingiu o município do estado e gerou picos de energia, segundo moradores próximos ao local da tragédia. Relatos dos sobreviventes, e de quem presenciou do lado de fora do Ninho, dão conta de uma grande explosão antes do fogo tomar conta. 

Depois de se reunir com dirigentes, o presidente do Rubro-Negro, Rodolfo Landim, falou com a imprensa na porta do centro de treinamento, e destacou que essa foi a "maior tragédia" da história do clube carioca:

''Eu queria começar pedindo desculpas a vocês aqui, sei que há algum tempo, mas estava envolvido em uma série de ações emergenciais e distribuição de tarefas importantes nesse momento. Só agora consegui me desvencilhar disso.

Queria dizer para vocês que estamos todos consternados. Essa é certamente a maior tragédia pela qual esse clube já passou nos últimos 123 anos com as vidas dessas 10 pessoas. O mais importantes agora é a gente se dedicar a tentar minimizar o sofrimento e a dor dessas famílias que certamente estão sofrendo muito e fiquem certos que o Flamengo está cuidando disso e não vai poupar esforços para que isso seja minimizado ao máximo.

Estamos colaborando com as autoridades para que a causa desse acidente, desse incêndio possa ser apurada. Ninguém mais do que nós tem interesse em que isso ocorra. Por fim, dizer que todos nós aqui do clube estamos sentindo uma tristeza enorme. É o que posso falar. Obrigado a todos e peço desculpas''.

O clube está em contato direto com os familiares, inclusive os que moram foram do estado, para que possam se despedir das vítimas. De acordo com o repórter Marcelo Baltar, do "Globoesporte.com", o próprio presidente teria afirmado para dirigentes que o Rubro-Negro não irá poupar com passagens, hotéis, velórios, exames, dentre outros procedimentos, para buscar diminuir o sofrimento dos familiares.

VAVEL Logo