Veja as declarações da coletiva do gerente geral do Fluminense Fernando Simone 
Foto: Marcello Neves/VAVEL Brasil

Veja as declarações da coletiva do gerente geral do Fluminense Fernando Simone 

Dirigente convocou jornalistas para falar sobre a vistoria realizada pela Prefeitura do Rio, no CT do Tricolor, nesta terça-feira (12)

araujo_luis
Luis Araujo
Fernando Simone:
"Entendemos que não é necessário, mas não é uma decisão nossa. Mas tenho que estar preparado. Se acontecer, vamos fazer o que for melhor. Chegaremos a uma solução com o departamento de futebol. Se precisarmos utilizar Laranjeiras, estamos prontos. O campo está pronto. Os vestiários estão recebendo manutenções, que já estavam programadas, pois já receberíamos a equipe de futebol feminino. Mas isso é prematuro dizer para onde vamos. Mas é claro que já estamos nos planejando caso aconteça alguma coisa."
Fernando Simone:
Sobre possível ida para Laranjeiras em caso de interdição: "Não posso dizer se vão interditar ou não. Tenho que trabalhar com todo tipo de cenário. Se acho que vai acontecer, espero que não. Temos tentando mostrar para os órgãos o que estamos fazendo. Nossa situação e diferente, não temos atividades permanentes no CT. Pode acontecer? Pode."
Fernando Simone:
CT DA BARRA: "Já fizemos essa consulta prévia. Está em andamento. Já está em análise pela Secretaria de Fazenda. Tivemos uma reunião essa semana. Explicamos a utilização, quais são as atividades. A Secretaria de Urbanismo esteve lá. Estamos buscando um alvará de funcionamento parcial, para nossas atividades diárias."
Fernando Simone:
XERÉM: "Não temos o habite-se. Estamos fazendo todas as obras, estamos atrás de todos os documentos. Já demos entrada em todos os documentos."
Fernando Simone:
Laranjeiras: "Tivemos um problema em nossa piscina. Foi feita uma obra em 2012, que não teve a qualidade esperada. Isso estava causando machucados em sócios. Houve uma denúncia que fez com que tivéssemos uma parte do parque aquático fechado. Estamos fazendo a obra. Atrasou por causa da chuva. Mas esperamos terminar para realizar a obra nas outras piscinas e entregar para os sócios."
Fernando Simone:
"Acho uma discussão necessária para o mundo do futebol como um todo. Discussão que tem que juntar clubes, entidades, imprensa, torcida... Todo mundo que trabalha com o mundo do futebol tem que entender uma forma para melhorar a administração do futebol do país."
Fernando Simone:
Sobre prazo para regularização do CT: "Obra tem seu tempo, tem suas execuções. Podem levar mais tempo ou menos tempo. Não acreditamos que possam demorar muito. Será um CT que será utilizado para a Copa América. Então pretendemos que sejam resolvidas até lá"
Fernando Simone:
"Temos o habite-se? Não temos. Como falei, nosso CT é uma obra em andamento. Tivemos reuniões. Apresentamos documentações. Mostramos o que estamos fazendo, recebemos orientações."
Fernando Simone:
"Nossa licença de obras do CT está em dia. Foi renovada há duas ou três semanas."
Fernando Simone:
“Aqui em Laranjeiras está tudo ok, não temos pendência nenhuma”.
Fernando Simone:
“Até hoje não houve qualquer sinalização de que as atividades teriam que ser paralisadas. Existem algumas adequações necessárias e elas vêm sendo feitas aos poucos”
Fernando Simone:
“Mesmo assim, temos os laudos dos Bombeiros, Vigilância Sanitária, e outras exigências. Ainda estamos buscando alguns documentos. Era mais fácil derrubar o que estava lá e reconstruir. Não tínhamos sequer algumas plantas”
Fernando Simone:
“Sobre Xerem, quando cheguei em 2010, era uma calamidade. Os jogadores colocaram o apelido de Carandiru. Era um absurdo, sub-humano. Fizemos uma reforma em 2011 e tudo foi refeito. Fomos atrás de todas as regularizações. Naquela época, alguns documentos nem existiam”
Fernando Simone:
“Entendemos que talvez o CT não precise ser interditado porque não há perigo iminente para ninguém nas atividades que temos lá”
Fernando Simone:
“Nossa licença para obras está em dia. Estamos fazendo uma rua para acesso, sala de imprensa, auditório e é um CT que será usado na Copa América. Nosso contato com os órgãos competentes nunca deixou de acontecer. Tivemos reunidos nos últimos dias e apresentamos documentos”
Fernando Simone:
“Os alojamentos são fundamentais para os clubes. Muitos atletas não têm lugar para dormir, não pode se alimentar corretamente. O alojamento roupa tentativa de fazer um trabalho social, de começar a melhorar a vida de muitas crianças”
Fernando Simone:
“Sobre o CTPA, é uma obra inacabada. Tem muita coisa para fazer, muita reforma. Nossas atividades lá são transitórias. Nos dormitórios, ninguém dorme lá, nenhuma atividade. É utilizado apenas para treinos em algumas horas do dia. É uma situação bem diferente”
Fernando Simone:
“Não adianta punir e não encontrar uma solução para que os clubes possam continuar funcionando. Tem muita gente que depende disso. Precisamos encontrar soluções”
Fernando Simone:
“Queremos dar uma vida melhor para os atletas, com segurança, não o contrário. Então, é importante falar sobre isso agora. Temos que pensar a forma como vamos sair dessa discussão. Existem muitas atitudes que clube e poder público podem tomar, mas temos que achar um termo comum".
Fernando Simone:
“Os alojamentos são fundamentais para os clubes. Muitos atletas não têm lugar para dormir, não pode se alimentar corretamente. O alojamento é uma tentativa de fazer um trabalho social, de começar a melhorar a vida de muitas crianças”
Fernando Simone, gerente geral do Fluminense, diz que o Fluminense que ser transparente em relação ao CT, para que não haja especulações.
Fernando Simone já na área para começar a coletiva.
O Fluminense foi autuado pela Secretaria Municipal de Fazenda pela falta do documento de licença para estabelecimento. A entidade cobrou que o Flu busque a regularização junto à Prefeitura e avisou que o CT será vistoriado por técnicos da secretaria na próxima semana. 
VAVEL Logo