São Paulo anuncia
afastamento de Jardine e contratação de Cuca

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

São Paulo anuncia afastamento de Jardine e contratação de Cuca

Novo treinador irá assumir apenas em dois meses; Vagner Mancini será o técnico interino

isabella-molina
Isabella Molina

O São Paulo anunciou, nesta quinta-feira (14), em entrevista coletiva no CT da Barra Funda, que André Jardine não é mais o técnico profissional do clube.

Após a eliminação na Copa Libertadores pelo clube argentino Talleres, na noite da última quarta-feira (13), a diretoria do Tricolor decidiu que Jardine permanecerá, mas para outra função, que será definida daqui alguns dias, quando ele retornar após descanso.

Jardine, que havia feito sucesso na base do São Paulo, teve apenas 33,3% de aproveitamento na equipe profissional, com apenas quatro vitórias, além de três empates e oito derrotas.

Na mesma entrevista, o clube anunciou a contratação do técnico Cuca como treinador do Tricolor Paulista. No entanto, por recomendações médicas, ele irá assumir o comando do time apenas daqui a dois meses.

O São Paulo negociou com o treinador até o final de 2020. O comandante só irá receber salários quando assumir o comando técnico da equipe.

Na coletiva, Raí, diretor-executivo do Tricolor do Morumbi, garantiu que a decisão pelo nome de Cuca para comandar o time foi unânime.

“Nessa mudança de rumo, conversamos bastante sobre os nomes para substituir o Jardine e foi unânime que o melhor nome é do Cuca. Ele vai ser o novo treinador do São Paulo. Conversamos com ele. Ele está com problema médico, que deve se resolver num período breve, alguns meses. Por isso, não poderá assumir agora. Quem será o treinador do São Paulo no futuro é o Cuca”, afirmou.

Vagner Mancini, atual coordenador de futebol do clube paulista, será o técnico interino pelos próximos dois meses, enquanto Cuca não está apto para treinar o time. De acordo com Raí, a sugestão foi do próprio Cuca.

“Nessa conversa com Cuca, ele sugeriu o coordenador técnico Mancini. Desde o início, não pensava e não queria ser o treinador do São Paulo, mas devido às circunstâncias, Cuca sugeriu: ‘Por que não Mancini ficar nesse período?’ Enquanto ele não estiver apto 100%, ele mesmo sugeriu o Mancini. Como pedido do Cuca e nosso da direção, o Mancini se dispôs a cobrir esse período e depois volta a ser coordenador de futebol”, finalizou o diretor-executivo.

O próximo compromisso do São Paulo é contra o Corinthians, no domingo (17), às 19h, fora de casa.

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo