Fellipe Bastos se retrata após ofensas ao Fluminense em título da Taça Guanabara
(Foto: Rener Pinheiro / MoWA Press)

Fellipe Bastos se retrata após ofensas ao Fluminense em título da Taça Guanabara

Meia extravasou após título e proferiu palavras homofóbicas à instituição rival

yannrodrigues
Yann Rodrigues

Campeão da Taça Guanabara no último domingo (17), o Vasco e seus jogadores só tiveram motivos para comemorar. Porém, o meia Fellipe Bastos se excelente e acabou causando mal-estar geral, inclusive na própria torcida vascaína. 

Ainda no gramado do Maracanã, ao lado de um funcionário do clube, o jogador disparou contra o Fluminense, vice-campeão, e seus torcedores: “Série C do cara... Vai tomar no c... Time de vi...”, extravasou após a conquista. 

O meia se retratou nessa segunda-feira (18) após a repercussão negativa de seus atos: “Gostaria de pedir desculpas às pessoas que se sentiram ofendidas por aquele vídeo que está viralizando na internet. Pedir desculpas à instituição Fluminense também, deixar bem claro que não tenho nada contra classe nenhuma, gostaria também de pedir desculpas a todas essas pessoas que se sentiram ofendidas, nasci e fui criado num futebol onde podia brincar, com alegria, mas foi um momento em que extravasei e atrapalhei um pouquinho.

Peço desculpas a todos, espero que entendam e parem de ameaçar minha esposa, meus filhos, eles não têm nada a ver com isso".

Em nota, o Tricolor Carioca repudiou a atitude do atleta cruzmaltino e frisou que, acima de qualquer diversidade, é um time de todos: “O Fluminense entende que uma vitória seguida de homofobia é uma derrota para para o esporte. Para a sociedade. E o país onde mais se assassina LGBT’s no mundo não pode deixar uma demonstração tão clara de preconceito morrer. Por respeito. Por justiça. Por humanidade. O Fluminense, assim como todo clube de futebol, é feito de homens e mulheres de várias cores, condições sociais, sexualidades. E tem muito orgulho de cada um dos seus torcedores. Por isso faz questão de afirmar, quantas vezes forem necessárias, que é um #TimeDeTodos”.

VAVEL Logo