Com um pé na fase de grupos, Atlético-MG recebe Defensor pela Libertadores
Foto: Divulgação/Atlético-MG

Em uma Arena Independência lotada, o Atlético-MG receberá o Defensor, do Uruguai, às 21h30 desta quarta-feira (27), valendo uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores. Em Montevidéu, o Alvinegro venceu por 2 a 0 o jogo de ida. Os ingressos para o duelo foram esgotados na última sexta-feira. A expectativa é que compareça 22 mil atleticanos no estádio.

 

Os gols de Réver e Cazares colocaram o Galo com um pé no Grupo E, que conta com: Cerro Porteño-PAR, Nacional-URU e Zamora-VEN. Além de se garantir para a próxima fase, o time mineiro poderá faturar 3 milhões de dólares (equivalente a R$ 11,25 milhões).

Favorável de três resultados, Atlético-MG aproveita de bom retrospecto 

Para se classificar, o Atlético precisa de uma vitória, empate ou derrota por um gol de diferença. Uma derrota de 2 a 0, leva a disputa de da vaga para os pênaltis. O técnico Levir Culpi irá repetir a equipe pela quarta vez na competição continental. Até o momento, foram duas vitórias, um empate e nenhuma derrota.

Artilheiro da Libertadores, com quatro gols, o atacante Ricardo Oliveira afirma que a concentração é total e que a única coisa que é certa no futebol é que o jogo vai começar em  0 a 0.

“Você não sabe o que vai acontecer. Não vamos nos distrair por nada, não vamos perder o nosso foco. Nosso objetivo é vencer esse jogo e conseguir passar essa eliminatória para entrar na fase de grupos, respeitando muito a equipe do Defensor, mas aplicando nosso jogo, diante do nosso torcedor, que vai lotar o Independência e criar aquele clima que a gente já conhece. Estamos muito focado no que a gente precisa fazer para fazer um grande jogo, um jogo consistente  agressivo, como estamos acostumados a fazer, para vencer a partida e conseguir essa classificação”, frisou.

Provável escalação: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Elias e Adilson; Chará, Cazares e Luan; Ricardo Oliveira.

Em desvantagem, Defensor precisa garantir três gols no tempo normal

Para garantir a classificação dentro dos 90 minutos, o Defensor precisa vencer por três ou mais gols de diferença, ou por dois gols de diferença, desde que faça pelo menos três gols. No entanto, o time não vem tendo bons resultados. La Violeta Perdeu as últimas seis partidas.

Provável escalação: Rodríguez; Gómez, Correa, Carrera e Villoldo; Cristóbal, Napoli e Rabuñal; López, Navarro e Piquerez.

Arbitragem colombiana

Andrés Rojas será o árbitro, auxiliado por Wilmar Navarro e Miguel Stiven Roldán.  

VAVEL Logo