Nos pênaltis, Cássio garante passagem do Corinthians pelo Racing na Sul-Americana
Cássio pegou dois pênaltis e fez a alegria da torcida corinthiana (Foto: Divulgação / Conmebol)

Nos pênaltis, Cássio garante passagem do Corinthians pelo Racing na Sul-Americana

Em jogo com poucas oportunidades, entrada de Vagner Love leva Alvinegro aos pênaltis; em dia glorioso do goleiro brasileiro, Timão avança na disputa

julixnnag
Julianna Gonçalves
Racing ClubArias; Pillud, Dominguez, Schlegel e Soto; Julián, López, Solari, Cardozo e Ojeda; Rios e Cristaldo. Técnico: Eduardo Coudet
corinthiansCassio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Ramiro, Sornoza, Pedrinho e Clayson; Gustagol. Técnico: Fabio Carille.
Placar1-0, min. 41 Cristaldo. 1-1. min. 51. Vagner Love
INCIDENCIASJogo de volta válido pela Copa Sul-Americana

Na noite desta quarta-feira (27), Racing (ARG) e Corinthians entraram em campo pela partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana, disputada no estádio El Cilindro, em Avellaneda. Após empate de 1 a 1 em Itaquera, a partida era decisiva para saber quem se classificaria para a segunda fase do campeonato. O resultado da partida de ida acabou repetindo-se na Argentina, levando o jogo aos pênaltis, onde Cássio brilhou.

A Fiel teve que assistir a um Corinthians extremamente cauteloso na primeira etapa da partida. O Racing teve a posse de bola por alguns momentos, fazendo com que o Timão se fechasse na defesa e não arriscasse contra-ataques, mesmo com o time precisando de gols para se classificar. Com Clayson e Ramiro pelas laterais e Pedrinho e Sornoza pelo meio, o técnico Carille viu a equipe alvinegra com dificuldades em passar pela marcação da equipe argentina e trocar passes para armar jogadas efetivas.

Com praticamente o time reserva inteiro em campo — o Racing contou, nesta noite, com apenas três titulares — e o 0 a 0 ao seu favor pelo gol fora de casa na semana passada, o time argentino s chegou ao gol aos 41 minutos em um cruzamento de Neri Cardozo onde Cristaldo, ex-Palmeiras, ganhou de Fagner pelo alto e abriu o placar: 1 a 0 para o time mandante da noite. O Corinthians viu sua melhor chance da primeira apenas aos 45 minutos, onde Arias fez uma grande defesa em uma cobrança de falta de Sornoza

Já o segundo tempo começou diferente para o alvinegro com a entrada de Vagner Love. Com mais velocidade, o time de Itaquera não demorou a cravar o empate aos cinco minutos da etapa final, onde Love acertou um voleio ao aproveitar um desvio de Pillud na área e mandar a bola para dentro do gol. Após o empate, o Racing sentiu a necessidade de atacar e, com isso, deixou sua defesa exposta ao contra ataque corinthiano. Aos 13 minutos, Pedrinho cruzou para Gustagol que chutou para Vagner Love que estava livre e o segundo gol não veio apenas por um milagre de Arias. Apesar das tentativas dos argentinos, não foi criada nenhuma outra jogada perigosa ao gol de Cássio.

Love entrou no jogo e mudou a postura do Alvinegro (Foto: Agência Corinthians)
Love entrou no jogo e mudou a postura do alvinegra (Foto: Agência Corinthians)

O Corinthians, no entanto, esteve perto de virar quando, aos 35, a defesa do Racing salvou em cima da linha uma jogada de cabeça de Gustagol e aos 45, quando Zaracho chutou por cima o que seria a última oportunidade da partida. Com três minutos de acréscimo, o jogo terminou em 1 a 1, repetindo o resultado do jogo de ida e levando os times aos pênaltis.

No dia que consagrava Cássio como o segundo goleiro com mais jogos pelo Corinthians, o arqueiro teve mais um dia glorioso defendendo o time do Parque São Jorge. Depois do empate em 1 a 1, o camisa 12 defendeu duas cobranças, de Dominguez e Solari, e colocou o Timão na próxima fase da Copa Sul-Americana.

Os brasileiros foram os primeiros a iniciar a disputa de pênaltis. Gustagol foi o primeiro a cobrar e não decepcionou. Depois dele, pelo Timão, Vital bateu forte e ampliou, enquanto Sornoza isolou. Vagner Love converteu e a bola cobrada por Danilo Avelar ficou na trave, marcando três gols em cinco chutes para a equipe corinthiana.

Já para o Racing, Cvitanich converteu, enquanto Dominguez parou em defesa milagrosa de Cássio. Cristaldo, autor do gol argentino na partida, bateu pra fora e Fernandez e Pillud também marcaram, assinalando, também, três gols em cinco chutes para a equipe argentina, levando os pênaltis à alternada.

Goleiro Cássio pegando pênalti (Foto: Divulgação / Conmebol)
Goleiro Cássio pegando pênalti (Foto: Divulgação / Conmebol)

Nas alternadas, Richard bateu no alto e marcou, Soto também, convertendo, deixando ambos os times com 4 pênaltis convertidos. Fagner marcou, largando a bola no meio da meta e superando Arias e Solari cobrou mal, deixando a defesa para Cássio, consagrando o goleiro corinthiano e levando o Timão à próxima fase

O adversário do Corinthians na segunda fase da Copa Sul-Americana vai ser definido em sorteio pela Conmebol

VAVEL Logo