Após oito anos, América-MG mira terminar primeira fase do Mineiro como líder
(Divulgação: Flickr América-MG)

Após oito anos, América-MG mira terminar primeira fase do Mineiro como líder

Para conseguir alcançar meta, América quer aproveitar embalo para as terá três decisões que terá pela frente até as fases finais

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

Visando uma classificação como líder para as fases finais do Campeonato Mineiro após quase dez anos, o América-MG espera manter o forte ritmo e entrosamento que vem conseguindo obter no estadual. Até as quartas-de-final, o Coelho terá de vencer os três adversários que lhe restam – Tupynambás (em casa), Atlético (fora) e Guarani (em casa).

Desde 2011 o América vem tentando obter a melhor colocação na fase inicial, mas tem sido superado por Atlético e Cruzeiro. Na temporada passada, o time alviverde foi o segundo colocado no torneio, atrás apenas do time celeste. Em 2013 e 2015, a equipe nem mesmo chegou ao grupo dos quatro primeiros, ficando fora da semifinal.

Após deixar a Copa do Brasil de forma precoce na primeira fase da competição, o goleiro Fernando Leal entende que o grupo pode tirar lições da queda diante do Juventude e se concentrar ao máximo na partida desta sábado, às 21h, contra o Tupynambás, no Estádio Independência:

“Vejo que o América tem um grupo de jogadores experientes, que não se acomodam e buscam sempre o melhor para continuar vencendo. É isso que a gente espera para o fim da competição, que as lições tenham efeito positivo e possamos nos manter fortes na briga pelo Mineiro. Então, entraremos em campo assim, mas buscando vencer e nos manter na briga pela primeira posição, que traria benefícios para nós nas próximas fases”.

Se para o goleiro a palavra-chave é esquecer o que ficou para trás, para o atacante Felipe Azevedo o time precisa impor seu estilo de jogo em casa:

“É uma oportunidade de reagirmos, fazer um bom jogo e buscar a vitória para manter o objetivo de finalizar a primeira fase na liderança do estadual. Nesta semana, os trabalhos têm sido muito bons, estamos já focados novamente para a sequência do ano. Na partida de sábado, precisamos fazer aquilo que fizemos nos jogos dentro do Independência. Vencer o jogo vai nos trazer de volta o bom momento com naturalidade”.

Givanildo Oliveira terá os desfalques de Leandro Silva (lesionado) e de Zé Ricardo (que cumpre suspensão) para pegar o Baeta. Para as respectivas vagas, Ronaldo e Christian devem entrar na equipe principal.

VAVEL Logo