Athletico aplica goleada histórica contra o Toledo na abertura do returno do Paranaense
Foto: Divulgação/Twitter Oficial Athletico

Athletico aplica goleada histórica contra o Toledo na abertura do returno do Paranaense

Bergson foi o destaque da partida com dois gols e duas assistências na vitória por 8 a 2

matheus-gabriel
Matheus Gabriel
Athletico-PRLéo; Lucas Halter, Paulo André e Eder; Khellven (Bruno Rodrigues), Erick, Christian e Vitinho; Marquinho (Matheus Anjos), Bergson (Gabriel Poveda) e Jáderson.
André Luiz; Eduardinho (Paulo Careca), Matheus, Fandinho e Cleiton; Netto, Jhonathan, Revson e Pacato; Willian (Christian) e Leonardo Teles (Everton).

O Athletico recebeu o Toledo, na tarde deste domingo (10), em jogo válido pela primeira rodada da Taça Dirceu Krüger, segundo turno do Campeonato Paranaense, e não pegou leve. A vitória por 8 a 2 para cima do campeão da Taça Barcímio Sicupira Júnior, o primeiro turno do Paranaense, garantindo a ponta da tabela pelo saldo de gols.

A má impressão deixada no primeiro turno pela equipe comandada por Rafael Guanaes parece ter sido apagada da memória dos torcedores na tarde deste domingo. Desde o primeiro minuto, o Furacão buscou o gol, indo pra cima do adversário sem deixar tempo para respirar.

Aos quatro minutos da primeira etapa o capitão Marquinho aproveitou passe de Bergson, e acertou um belo chute, sem chances para André Luiz. A pressão rubro-negra continuou, e aos 19 minutos o camisa 10 deixou outro, novamente com jogada de Bergson, que novamente cruzou dentro da área, para finalização de Marquinho.

O Toledo conseguiu diminuir o ímpeto do rubro-negro, mas não o suficiente para evitar o terceiro gol. Dessa vez, Bergson deixou o dele depois de ajeitar a bola de fora da área e mandar um chute forte, no canto de André Luiz: 3 a 0. A única chance do Toledo no primeiro tempo foi com Julio Pacato, que escapou da marcação e chutou, mas Leo defendeu.

O segundo tempo foi mais do mesmo: Athletico pressionando - apesar da boa vantagem - e o Toledo buscando o contra-ataque. Mas de nada adiantou. Logo aos sete da segunda etapa, Lucas Halter aproveitou bola rebatida dentro da área e mandou para as redes, aumentando o placar para 4 a 0. Aos 14, Bergson marcou seu segundo, o quinto do Furacão.

O Toledo ainda tentou deixar a goleada menos feia, quando Matheus Duarte sofreu pênalti, convertido por Júlio Pacatto, aos 24. Mas, três minutos depois, o Furacão marcou o sexto com Matheus Anjos, que recebeu bola na área, girou e bateu cruzando: 6 a 1 Athletico.

A goleada ficou maior depois que Bruno Rodrigues chutou e foi bloqueado, mas com toque de mão. O árbitro viu e marcou pênalti que o próprio Bruno converteu. Vitor Naum fez o último do Athletico, aos 40, e Jonathan descontou para o Toledo, aos 44. Placar final: Athletico 8 a 2 Toledo.

Na próxima rodada o Furacão enfrenta o Maringá, no Willie Davids, no próximo domingo (17), às 16h. O Toledo recebe o Operário, na mesma data e horário.

VAVEL Logo