Gum é apresentado na Arena Condá e afirma: "Chego com o coração na Chapecoense"
Foto: Márcio Cunha/Chapecoense

Gum é apresentado na Arena Condá e afirma: "Chego com o coração na Chapecoense"

Atleta assinou contrato de um ano e com possibilidade de renovação automática

jullianapaulino
Julliana Paulino

A busca por um zagueiro líder em Chapecó parece ter chegado ao fim. Quem chegou para ser o novo "xerife" do time é o defensor Gum, ídolo do Fluminense, clube no qual defendeu por quase dez anos. O atleta chega à Chapecoense para seguimento da temporada. 

Bi-campeão brasileiro pelo Fluminense, o zagueiro carrega experiência de sobra e não esconde o amor pelo ex-time, mas garante: "Chego com o coração na Chapecoense".

O atleta afirmou que a demora para firmar o contrato com a Chape deve-se ao respeito pela instituição: "Dia 2 de janeiro houve a proposta, conversa com a Chapecoense. Naquele momento não achei justo com a Chapecoense, meu coração estava ligado ao Fluminense. Foram quase 10 anos, me entreguei ao clube e precisava de um tempo para me desligar ao clube emocionalmente", concluiu o zagueiro. 

Quando questionado sobre o porquê da escolha pela Chapecoense, Gum afirmou que ao ir para a cidade ele conversou com as pessoas e começou a querer estar em Chapecó, amar o clube e se entregar por inteiro. O zagueiro ainda ressaltou que não pretende ficar pouco tempo na equipe: "Se possível, até aposentar".

Com a honra de ter sido por muitos anos considerado um líder no Fluminense, Gum afirma que o futebol não é só em campo, é mais além. Ressalta que o convívio diário e os treinos são importantes para ter um bom ambiente de trabalho e conquistar os objetivos, e que chega ao Verdão pensando em ajudar os companheiros. 

Vestindo a camisa 3, o atleta ainda não pode estrear. Além de estar aguardando o registro no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, Gum precisa recuperar a condição física e ainda passará por treinos antes de integrar a equipe principal. 

VAVEL Logo