Chapecoense rescinde contrato com goleiro Ivan 
Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

Chapecoense rescinde contrato com goleiro Ivan 

Jogador está sendo acusado de agredir ex-namorada 

jullianapaulino
Julliana Paulino

No time desde 2018, Ivan era reserva imediato Chapecoense e teve sequência como titular no início deste ano. A acusação de agredir com faca e roubar o celular da ex-namorada e de outro rapaz em Minas Gerais foi noticiada ontem (14); O clube rescindiu o contrato com o atleta nesta tarde de sexta-feira (15). 

De acordo com o que foi relatado, Ivan teria pedido liberação do time para resolver problemas pessoais em Minas Gerais, onde tem família, o retorno do atleta deveria ter acontecido na última terça, mas ele não voltou a Chapecó na data prevista. 

Com a divulgação da acusação, o atleta se pronunciou nas redes sociais antes do comunicado do clube. Em pedido de desculpas, o goleiro pediu para que as pessoas deixassem a vida de Laíse, sua ex-namorada, em paz. 

"A Dra. Laise se encaixa somente como vítima em toda essa história, se alguém agiu de uma maneira que não condizia com a situação e a discussão fui eu! [...] Peço que respeitem o momento de ambos! Ela é uma profissional muito bem capacitada e "tá" sendo envolvida em algo que não deveria estar! Se alguém tem que responder por qualquer ato, esse alguém sou eu. Obrigado". 

Laíse também se pronunciou nas redes sociais, ela afirmou o desentendimento dos dois, mas disse que as versões noticiadas foram distorcidas e que na briga não houve o uso de arma branca e ninguém ficou ferido. 

Ontem (14), durante a apresentação de Gum, o presidente da Chapecoense, Plínio David de Nês Filho, conhecido como Maninho, aproveitou o momento em frente às câmeras e informou que o clube aguarda a averiguação dos fatos sobre o caso para ter um posicionamento.

"Infelizmente temos que responder a pergunta em um momento que estamos recebendo um atleta que é símbolo do futebol brasileiro e nos deparamos com uma situação que não esperávamos. Entretanto, a diretoria não vai se manifestar até os fatos serem esclarecidos, verem a veracidade dos fatos que constam na reportagem para depois nos manifestarmos", explicou Maninho. 

O comunicado oficial do clube saiu no fim desta tarde de sexta-feira (15), após reunião da diretoria com o atleta. De maneira sucinta e sem maiores detalhes, a Chape se manifestou com uma nota:  "A Associação Chapecoense de Futebol comunica, oficialmente, o desligamento do goleiro Ivan dos quadros do Clube". 

O goleiro tinha o contrato renovado até o final do ano e estava passando por bom momento no clube, sendo titular em cinco jogos dos 14 disputados pela equipe em 2018. 

VAVEL Logo