Claudinei Oliveira não resiste a maus resultados e é demitido da Chapecoense
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Claudinei Oliveira não resiste a maus resultados e é demitido da Chapecoense

Derrota para o JEC foi o estopim para sequência ruim do treinador

jullianapaulino
Julliana Paulino

Após 26 jogos no comando do Verdão, o treinador Claudinei Oliveira se despede da Chapecoense. Fundamental para a permanência do time na Série A do ano passado, o técnico não estava entregando o necessário para se manter à frente da equipe. 

Em números, Claudinei obtinha bons resultados. No G4 do Campeonato Catarinense desde a primeira rodada, o time conquistou sete vitórias e três empates em 13 partidas disputadas, mas o futebol da equipe não estava agradando a diretoria do clube. 

Sob o comando do treinador, o time foi eliminado recentemente da Copa Sul-Americana pelo Union la Calera, que fazia sua estreia em competições internacionais. 

A quase eliminação da equipe na Copa do Brasil também balançou a segurança de Claudinei no time. No ocorrido, a Chapecoense perdia para o Mixto-MT até os 44 minutos do segundo tempo, mas conseguiu a virada e o treinador continuou no cargo.

Na partida deste domingo (17), a equipe sofreu um gol de desempate no último minuto de jogo, perdendo para o Joinville por 2 a 1, o que foi o estopim para a jornada de Claudinei Oliveira na Chapecoense. 

Além da demissão do treinador, o auxiliar Luciano Gusso e o preparador físico Robson Gomes também não continuam na instituição. 

VAVEL Logo