Em situações opostas, Palmeiras e Ponte Preta se enfrentam na última rodada do Paulistão
(Foto: Divulgação/Palmeiras)

Em situações opostas, Palmeiras e Ponte Preta se enfrentam na última rodada do Paulistão

Em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Paulista (a última da fase de grupos), o já classificado Alviverde recebe o time de Campinas, que está eliminado

barbara-mattana
Barbara Mattana

Nesta quarta (20), às 21h30, Palmeiras e Ponte Preta se enfrentam no Allianz Parque, em situações bem diferentes. Na rodada que fecha a fase de grupos do Campeonato Paulista, o Palmeiras vai a campo já classificado, após vitória no Choque-Rei, por 1 a 0. Já a Macaca, que soma 19 pontos na terceira colocação do grupo A, não tem mais chances de classificação, uma vez que está a quatro pontos do segundo colocado, o Santos, com 23.

Classificado, mas almeja a vitória

Mesmo já classificado, o Verdão ainda pode conquistar alguns feitos nesta fase de grupos. Com 22 pontos, um empate garante a equipe de Luiz Felipe Scolari na liderança do grupo B, já que o Novorizontino, que ocupa a segunda colocação, tem 19 pontos. Além disso, para conquistar a melhor campanha geral do campeonato, o Palmeiras precisa vencer a Ponte Preta, torcer para que o Red Bull Brasil (dono de 24 pontos) não vença o Guarani e que o Santos perca para o Botafogo-SP.

Caso o RB empate e o Palmeiras vença a Ponte, ambas equipes irão a 25 pontos, e para superar a equipe de Campinas, o Palmeiras precisará somar saldo de gols. Atualmente, a equipe verde soma sete, um a menos que o RB, com oito.  Também existe desvantagem nos gols marcados, são 12 contra 17, respectivamente. Ou seja, neste caso, a equipe de Felipão precisará de dois ou mais gols de diferença para superar o Red Bull.

Entretanto, chegar a todos esses objetivos não será uma tarefa fácil, pois o técnico Felipão terá dificuldades em escalar seu time. São sete jogadores pendurados, sendo eles: LuanMayke, Diogo Barbosa, Thiago Santos, Felipe Melo, Moisés e Borja. A equipe deverá ser alternativa. Bem por isso, o volante Matheus Neris e o zagueiro Patrick Lucca, foram inscritos na lista B do campeonato e, provavelmente, serão relacionados.

Provável escalação: Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Vitão (Thiago Santos) e Victor Luis; Jean e Bruno Henrique; Felipe Pires, Lucas Lima e Zé Rafael; Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Para manter a sequência

A Ponte Preta, que vem para o confronto apenas para cumprir tabela, deve aproveitar o jogo para manter sua sequência invicta (que já chega a seis rodadas) e, além disso, fazer testes. A equipe do técnico Jorginho enfrenta a Aparecidense em jogo remarcado para 3 de abril, fora de casa, pela Copa do Brasil.

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o volante Edson será desfalque. Após sair do Dérbi com um incômodo muscular, Matheus Vargas também não deve atuar. Alguns jogadores fizeram todos os jogos com a macaca e devem ser poupados, sendo eles: o atacante Thalles e os zagueiros Renan Fonseca e Reginaldo. Com isso, Jorginho deve dar a chance àqueles jogadores que pouco atuaram, como  o meia Juninho e o atacante Vinicius, garotos da Ponte que já foram relacionados mas ainda não estrearam como profissionais.

Provável escalação:  Ivan, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Nathan, Gerson Magrão e Tiago Real; Matheus Oliveira, Júlio César e Thalles. Técnico: Jorginho.

20 mil vendidos

Vale ressaltar que mais de 20 mil ingressos foram vendidos para essa partida que promete muitas surpresas, e existe uma condição especial para que as mulheres visitem o Allianz Parque nesta quarta (20). O Palmeiras tem uma ação para o mês da mulher, o "Setor Palestrinas", onde, no jogo contra a Ponte, a cada ingresso comprado para o setor, um novo é concedido gratuitamente para uma acompanhante.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo