Com técnico interino, Chapecoense enfrenta Atlético Tubarão pelo Catarinense 
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Com técnico interino, Chapecoense enfrenta Atlético Tubarão pelo Catarinense 

Emerson Cris comandará o elenco alviverde e conta com baixas no ataque

jullianapaulino
Julliana Paulino

Após demissão do treinador, a Chapecoense entra em campo com a missão de retomar boas atuações nos gramados. O palco da partida será a Arena Condá, que receberá Atlético Tubarão nesta quarta-feira (20), em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Catarinense, às 20h. 

Vivendo momentos diferentes na temporada, o time alviverde se encontra na terceira posição da tabela com 24 pontos, já o Tubarão está na lanterna do Estadual, lutando contra o rebaixamento com apenas 7 pontos contabilizados. 

Os números incomodam os torcedores e a diretoria do time Tricolor, no último ano a equipe terminou o campeonato em terceiro lugar com 26 pontos. Abel Ribeiro, coordenador técnico do Tubarão, pede calma para atravessarem por esse momento.

"Há uma vontade muito grande de reverter o quadro atual. Temos que entender que precisamos de tranquilidade e paciência nesse momento. Mais uma vez, pedimos o apoio do torcedor para continuar acreditando no elenco. Assim, poderemos mudar essa situação", explica. 

Pelo lado da Chape, Emerson Cris retorna ao comando da equipe como técnico interino após demissão de Claudinei Oliveira, o então substituto esteve na beira dos gramados pelo time alviverde em 2016 e 2017, respectivamente. 

O Verdão não poderá contar com o recém-contratado Rildo, que sentiu dores nas costas e, sendo preservado, o camisa 7 não foi sequer relacionado para a partida. Além de Rildo,  Victor Andrade está fora por desconforto no joelho. 

Apesar das baixas no ataque, o meio campo volta a contar com Diego Torres, que há algum tempo não estava sendo relacionado para partidas na gestão de Claudinei Oliveira. O zagueiro Douglas também está à disposição da equipe após se recuperar de lesão no joelho. 

Provável Chapecoense: João Ricardo; Marcos Vinicius, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Campanharo; Lourency, Renato e Everaldo. 

Provável Tubarão: Belliato; Oliveira, Denilson, William Mineiro e Canavesio (Gabriel Carioca); Daniel Pereira, Guilherme Amorim, Leilson e Daniel Costa; Fio e Edu.

VAVEL Logo