Guanaes exalta qualidade na bola parada do Athletico-PR: "Foi um fator decisivo para nós"
Foto: Divulgação/Site Oficial CAP

Guanaes exalta qualidade na bola parada do Athletico-PR: "Foi um fator decisivo para nós"

Dois gols saíram dessa maneira na vitória contra o Operário por 3 a 0, na terceira rodada do returno do Paranaense

matheus-gabriel
Matheus Gabriel

O Athletico venceu o Operário por 3 a 0, na noite da última quarta-feira (20), na Arena da Baixada, em jogo válido pela terceira rodada do segundo turno do Campeonato Paranaense. Com dois gols de bola parada - um de falta direta, de Marquinho, e outro com Lucas Halter aproveitando cruzamento de Khellven, o Furacão conseguiu segurar a liderança do Grupo A.

"Hoje a bola parada foi um fator decisivo para nós, com dois belíssimos gols, de muito talento", disse o técnico Rafael Guanaes.

Para o comandante rubro-negro, o tempo de trabalho depois da eliminação precoce no primeiro turno foi fundamental para a atual boa campanha na segunda fase do estadual.

"Ainda temos que bater na tecla do tempo que tivemos para trabalhar. A equipe tem jogado com uma postura bem agressiva, com e sem a bola. Mas temos que destacar que não vai ser assim todo o jogo. Queremos sempre jogar bem e se impor. Não conseguimos fazer um super-jogo, mas em um momento crucial da partida conseguimos ser bem eficientes", pontuou.

O jovem técnico também já começa a mirar o título e pretende seguir os passos de Tiago Nunes, que conquistou o Paranaense de 2018 com a equipe de aspirantes.

"Eu sonho sempre grande. Mesmo no começo, em um momento difícil, foi assim. Claro que a gente quer repetir a história. São estágios e ciclos diferentes, estamos iniciando um agora. Primeiro eu estava atrás de uma equipe, de uma organização, e estamos conseguindo ter isso nesses primeiros três jogos", completou.

O Athletico agora enfrenta o Foz do Iguaçu, no próximo sábado (23), às 18h, também na Arena da Baixada.

VAVEL Logo