Com muitas chances perdidas, Chapecoense fica no empate sem gols contra Tubarão
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense 

Com muitas chances perdidas, Chapecoense fica no empate sem gols contra Tubarão

Em partida tecnicamente fraca, time do Oeste não consegue se impor sob o último colocado do Estadual

jullianapaulino
Julliana Paulino
ChapecoenseJoão Ricardo, Eduardo, Rafael Pereira, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto (Renato, min. 66), Gustavo Campanharo e Yann (Diego Torres, min. 75); Lourency (Aylon, min. 54) e Everaldo
Belliato; Oliveira (Cleiton, min. 70), Denilson, William e Parrudo; Guilherme Amorim, Daniel Pereira, Felipe Guedes e Leílson (Romarinho, min. 81); Roberto e Edu
INCIDENCIASJogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Catarinense, sendo disputado na Arena Condá

Em jogo com muitas oportunidades perdidas e falhas no ataque, a Chapecoense ficou no empate sem gols contra o Tubarão nesta quarta-feira (20), em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Catarinense

Quem começou o jogo com posse de bola foi a Chape, que enfrentava um Atlético Tubarão recuado e defensivo em campo. Apesar de conseguir controlar a partida nos minutos iniciais, o Verdão tinha dificuldade para chegar com perigo.

O primeiro susto que a equipe alviverde aplicou no adversário foi aos 24 minutos, quando Bruno Pacheco cobrou escanteio e Douglas apareceu na área para cabecear, mas Beliato faz a defesa para o Tubarão, no meio do gol.

Poucos minutos depois a Chape desperdiçou uma chance de ouro com Lourency. Recebendo um cruzamento perfeito de Campanharo, o atacante domina e bate cruzado, mas a bola vai com força demais e passa por cima do gol. 

Depois das oportunidades o time da casa não parou mais, aos 32, Lourency chutou de fora da área e mandou a bola na trave. No lance seguinte, Douglas cabeceia sozinho dentro da área e a bola sai raspando no gol, e sai para tiro de meta. 

No final da primeira etapa o Tricolor começou a se soltar e buscar jogo, mas a Chape ainda teve duas boas chances desperdiçadas. Sem bola na rede e alteração no placar, os primeiros 45 minutos se encerraram com 0 a 0. 

Quem começou assustando no segundo tempo foi o Tubarão, que no primeiro minuto levou perigo ao time da casa com cabeceio de Denilson. Depois da oportunidade, os visitantes ganharam confiança e começaram a dominar a segunda etapa.

Mas o time do Oeste não demorou para se impor novamente, aos 13, Márcio Araújo chutou rasteiro com força e quase abriu o placar. Três minutos depois, Yann Rolim bate de fora da área e o Tricolor precisa contar com boa defesa de Beliato. 

O arqueiro do Tubarão não parou por ai, aos 35, o guarda-redes saiu bem do gol para impedir Everaldo de marcar, se destacando mais uma vez na partida. 

Com uma partida fraca tecnicamente, as equipes encerraram o jogo com o placar zerado. A Chapecoense entra em campo novamente no próximo domingo (24), contra Hercílio Luz. Já o Tubarão enfrenta o Brusque na segunda (25). 

VAVEL Logo