Em estreia, Gilson Kleina avalia desempenho do Criciúma: "Um passo de cada vez"
Técnico estreou nesta quinta-feira com Criciúma (Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC)

Em estreia, Gilson Kleina avalia desempenho do Criciúma: "Um passo de cada vez"

Com empate sem gols, treinador pede paciência e espera contar com fator casa no próximo confronto para garantir a vitória

beatrizfabbri
Beatriz Fabbri

O Criciúma não saiu do 0 a 0 contra o Brusque, no estádio Augusto Bauer, nesta quinta-feira (21), pela 14ª rodada do Catarinense. O time foi pra cima, mas não conseguiu garantir os três pontos. A partida marcou a estréia do treinador Gilson Kleina no comando do Tigre.

O novo comandante viu muita pressão no primeiro tempo, em ambos os lados. Muita criatividade, pressão e chances criadas. Gilson avaliou como equilibrada a partida.

"Entendo que o jogo poderia ser definido no primeiro tempo. Nós tivemos chances. O Brusque pressionou, agressivos. Quando o Criciúma conseguiu colocar a bola no chão, eu entendo que começamos a criar as jogadas. A leitura que faço foi essa, no segundo tempo que equilibrou as ações. Muitas vezes, o ajuste na marcação ficou um pouco longe e era necessário encurtar para recuperar a bola e não correr para trás, mas conseguimos ter mais criação. A vitória nos colocaria no G-4, mas é um passo de cada vez", afirmou Kleina.

Na próxima rodada, o treinador espera contar com a força da torcida e o fator casa para subir na classificação da tabela.

"Fizemos um ponto importante porque ainda estamos vivos na competição. Agora é recuperar para nós podermos voltar para casa do lado do nosso torcedor para tentar fazer um jogo mais convincente e buscar a vitória. Dentro de casa é tentar fazer a diferença, principalmente, pelo torcedor", disse o comandante.

No próximo domingo (24), o Criciúma enfrenta o Avaí pela 15ª rodada do Catarinense, às 16h, no estádio Heriberto Hulse. 

VAVEL Logo