Pela terceira vez seguida, Palmeiras enfrenta Novorizontino nas quartas
de final do Paulistão
<i style="color: rgb(68, 68, 68); font-family: &quot;Open Sans&quot;, Georgia, &quot;Times New Roman&quot;, Times, serif; font-size: 19px; text-align: justify;">Foto: Cesar Greco / Palmeiras</i>

Pela terceira vez seguida, Palmeiras enfrenta Novorizontino nas quartas de final do Paulistão

Verdão tem a segunda melhor campanha do Campeonato; Novorizontino está invicto há três jogos

isabella-molina
Isabella Molina

Palmeiras e Grêmio Novorizontino se enfrentarão, pela terceira vez consecutiva, nas quartas de final do Campeonato Paulista. O jogo de ida acontecerá neste sábado (23), no Estádio Jorge Ismael de Biasi, às 17h.

As equipes já se enfrentaram quatro vezes ao longo da história e o Verdão nunca foi derrotado, além de ter marcado 14 gols e sofrido apenas um

No confronto mais recente, jogo de volta das quartas do Paulistão, que aconteceu no Allianz Parque, o Alviverde goleou o Tigre por 5 a 0. Relembre os gols:


Novorizontino em boa fase

Invicto há três jogos, o Tigre é a única equipe do interior que se classificou pelo terceiro ano consecutivo, com uma rodada de antecedência.

A equipe bateu o Santos, por 1 a 0, na 11ª rodada do Paulista. Na última rodada, empatou com a Ferroviária por 1 a 1.

Baixas no Tigre

O goleiro Vagner e o meia Matheus Sales não poderão entrar em campo contra o Palmeiras, porque vieram por empréstimo do Verdão.

De acordo com uma cláusula contratual, caso o Novorizontino decida utilizar os jogadores no jogo, terá que pagar uma multa. Entretanto, a diretoria do clube já descartou a hipótese.

Verdão tem a segunda melhor campanha

O Palmeiras, com 25 pontos, fez a segunda melhor campanha da competição, ficando atrás apenas do Red Bull Brasil, que chegou a 27 pontos. O clube também foi um dos times que menos perderam, com apenas uma derrota.

Além disso, o Alviverde tem a melhor defesa do campeonato, com apenas cinco tentos sofridos, à frente da Ponte Preta, com sete. É, também de forma isolada, o time que mais dribla: são 85 dribles, à frente do São Paulo, com 72.

Arthur Cabral e Juninho são novidades

Das quatro trocas permitidas na lista de 26 inscritos para o mata-mata do Campeonato Paulista, o Palmeiras realizou duas.

O meia Raphael Veiga e o atacante Carlos Eduardo foram substituídos pelo atacante Arthur Cabral e o zagueiro Juninho.

Comprado em maio de 2017 por se destacar no Coritiba, o zagueiro Juninho não conseguiu se firmar no Palmeiras e foi emprestado ao Atlético – MG. O atleta retornou do clube mineiro nesta temporada.

Já o atacante chamou atenção nas últimas temporadas pelas partidas no Ceará. Após se apresentar no clube paulista neste ano, o jogador se queixou de dores no púbis, o que atrasou seu condicionamento.

Dudu acredita que partidas serão difíceis

Foto: Cesar Greco / Palmeiras
Foto: Cesar Greco / Palmeiras


O atacante Dudu, que fez gol todas as vezes em que o Verdão enfrentou o Novorizontino, afirmou que os jogos não serão fáceis e elogiou o desempenho do adversário na competição.

“Tive a felicidade de marcar gol nos quatro jogos contra eles e isso é ótimo, mas são dados que não entram em campo. Este ano é outro campeonato, outro momento, e a gente sabe que serão duas partidas bem complicadas. O Novorizontino demonstrou muita qualidade no Paulista e não podemos bobear”, disse o atleta.

O camisa 7 também comentou que será necessário foco da equipe durante os 90 minutos.

“Eles ganharam do Santos, mesmo fora de casa, e do Corinthians. Temos que entrar focados desde o começo da partida e trazer um bom resultado para São Paulo”, finalizou Dudu.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo