Palmeiras goleia Novorizontino e avança às semifinais do Paulista 
Foto: Divulgação/ SE Palmeiras 

Palmeiras goleia Novorizontino e avança às semifinais do Paulista 

Com auxílio do VAR, dois pênaltis foram marcados e Verdão não teve dificuldades

leticia-denadai
Leticia Denadai
palmeirasFernando Prass; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos, min. 64), Bruno Henrique e Ricardo Goulart (Lucas Lima, min. 72); Scarpa, Dudu e Deyverson (Arthur, min. 66). Técnico: Luiz Felipe Scolari
novorizontinoOliveira; Lucas Ramon, Everton Sena, Edson Silva e Paulinho; Adilson Goiano, Jean Patrick (Dudu Vieira, min.78), Danielzinho (Carlinhos, min. 53) e Murilo Henrique; Cléo Silva e Felipe Marques (Paulinho Moccelin, min. 68). Técnico: Roberto Fonseca
Placar1-0, min. 5, Felipe Melo. 2-0, min. 10, Ricardo Goulart. 3-0, min. 47, Scarpa. 4-0, min. 59, Dudu. 5-0, min. 76, Scarpa.
INCIDENCIASCampeonato Paulista - quartas de final - jogo de volta. Estádio do Pacaembu

Palmeiras recebeu, na noite desta terça-feira (26), o Novorizontino pela segunda partida das quartas de final do Campeonato Paulista. Dessa vez, o Verdão não teve dificuldades e goleou o time do interior por 5 a 0, com direito a dois pênaltis assinalados com auxílio do VAR. 

No primeiro tempo, não demorou muito para os donos da casa abrirem o placar. Aos cinco minutos, após cobrança de escanteio de Dudu, Felipe Melo subiu sozinho e cabeceou forte, sem chances para o goleiro. Aos 10 minutos, em mais uma cobrança de escanteio de Dudu, Deyverson desvia para trás e Ricardo Goulart só empurrou para o fundo das redes. 

Até o final da primeira etapa, a partida se equilibrou e o Novorizontino até levou perigo, aos 25 minutos. Em cobrança de escanteio curto, Paulinho cruzou, Adilson ganhou de Edu Dracena e cabeceou. Prass fez grande defesa. 

Nos 45 minutos finais, só deu Palmeiras. Logo aos dois minutos, em dividida entre Scarpa e Everton Sena, o zagueiro coloca a mão na bola. O árbitro chegou a mandar o jogo seguir, mas, depois de conferir no VAR, assinalou o pênalti. O próprio Gustavo Scarpa pegou a bola e converteu a cobrança. 

Aos 14 minutos, Adilson Goiano pisa no pé de Deyverson e árbitro marca mais um pênalti. Dessa vez, só precisou da confirmação do VAR sobre a irregularidade. Dudu bateu, tirando o goleiro, e marcou o quarto gol. 

Para terminar bem, aos 31 minutos, após cobrança de lateral de Dudu, Arthur desvia de cabeça para Bruno Henrique. O volante ajeita a bola para Scarpa, que chutou rasteiro, sem chance de defesa. 

O Palmeira agora espera os outros jogos para saber quem enfrentará na próxima fase. 

 

VAVEL Logo