Diego Souza valoriza período sem jogos para melhorar fisicamente e diz que pressão sobre Zé é injusta
Foto: Vitor Silva | SSPress | Botafogo

Diego Souza valoriza período sem jogos para melhorar fisicamente e diz que pressão sobre Zé é injusta

Atacante afirma que dias de trabalho serão importantes para o grupo retomar a melhor forma física e defendeu trabalho do treinador

lucasoliveira
Lucas Oliveira

Maior contratação do Botafogo na temporada, Diego Souza concedeu entrevista coletiva antes do treino desta quinta (28), no Estádio Nilton Santos. O camisa 7 começou falando sobre os primeiros jogos pelo Alvinegro, a forma física e projetou o próximo compromisso, diante do Juventude, válido pela Copa do Brasil.

''Foram jogos mais para ambientação, estar com meus companheiros, jogos mais tranquilos para ganhar forma física. Está sendo proveitoso, espero estar 100% com certeza nesse próximo jogo na Copa do Brasil''.

Ainda sobre o torneio, Diego valorizou o campeonato nacional e frisou a importância de fazer uma boa campanha: "Importante. Sabemos da responsabilidade. Competição muito importante para o ano. Nós entraremos para brigar de igual para igual. Competição que interessa bastante ao clube. Financeiramente e por ser um título de expressão''.

Questionado a respeito da pressão da torcida sobre Zé Ricardo, o atacante lamentou a impaciência no Brasil por resultados e defendeu o trabalho do treinador.

''Aqui no Brasil algumas cobranças são muito injustas. Muitas das vezes, até o próprio jornalismo é um pouco culpado disso, de pressionar de uma forma fora do comum. Antigamente tinha Libertadores e Copa do Brasil acabando na metade do ano. Para quem tinha êxito, te dava um resto de ano com tranquilidade. Bem proveitoso, independente do que fosse acontecer. Hoje acaba em novembro, quando começa o ano já tem Libertadores de novo. Torcedor no Brasil quer ganhar, vencer, passou o ano, começa tudo do zero. Cobrança aqui é muito forte''.

''Sobre o trabalho do Zé, pode ter certeza que trabalha muito corretamente. Bem tranquilo de lidar, entende bastante do dia a dia de campo, às vezes as coisas demoram um pouco para acontecer. Quem esteve aqui no ano passado viu uma equipe que jogava e bem contra qualquer tipo de adversário. Por mais que ainda não esteja da melhor maneira esse ano, o que vale é o final. Certeza que nesse resto de temporada temos tudo para ajudá-lo''.

Apesar do período sem jogar, o camisa 7 vê essa pausa com bons olhos e acredita que o Botafogo voltará melhor para o duelo contra o Juventude na próxima quinta (04), válido pela terceira fase da Copa do Brasil.

"De tudo temos que tirar um lado positivo. Claro que queria estar jogando a semifinal do Carioca. Como chegaram alguns jogadores, está sendo importante esse tempo para a equipe trabalhar fisicamente, ganhar corpo, esperamos estar todos melhores preparados para esse jogo contra o Juventude''.

Por fim, Diego foi perguntado sobre o reencontro do Alvinegro com o Juventude e descartou sentimento de 'revanche' no confronto.

''Depois desse jogo de 1999 tiveram outros confrontos com o Juventude. Se fosse uma outra final, creio que o torcedor nem dormiria. Seria uma real revanche. Fora isso não, será mais um jogo difícil no qual almejamos passar, temos ambição nessa competição, esperamos fazer um grande jogo e conseguir passar de fase''.

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo