Com golaço no fim, Criciúma bate Joinville e entra no G-4 do Catarinense
Foto: Caio Marcelo/Criciúma EC

Com golaço no fim, Criciúma bate Joinville e entra no G-4 do Catarinense

Daniel Costa, aos 49 minutos do segundo tempo, cobrou falta no ângulo para dar a vitória ao Tigre

gustavomilioli
Gustavo Milioli

O Criciúma venceu o Joinville em seus domínios e retornou ao G-4 do Campeonato Catarinense. Em jogo disputado na noite desta quarta-feira (03), a importante vitória foi sacramentada no último minuto. Daniel Costa cobrou falta da intermediária e acertou o ângulo para recolocar o Tigre no grupo que avança às semifinais: 1 a 0.

O Carvoeiro vai aos 24 pontos e fica à frente do Marcílio Dias pelo número de vitórias. Em sétimo, o JEC se mantém com 20 pontos e apenas cumprirá tabela na última rodada da primeira fase.

Dependendo de uma vitória para seguir vivo na competição, o Criciúma foi o time mais incisivo no ataque. Logo no primeiro minuto, Julimar recebeu de Maicon e finalizou em cima da defesa. No rebote, Caíque cabeceou por cima da meta, dando o primeiro susto no goleiro Jefferson.

Aos 15, Marlon soltou uma bomba de fora da área, tirando tinta da trave. O JEC jogava fechado, marcando em seu próprio campo, para explorar os contra-ataques. Numa das poucas chegadas, Nathan Cachorrão disparou em velocidade e chutou cruzado, faltando pouco para abrir o placar.

Ao fim da primeira etapa, os visitantes conseguiram equilibrar a partida, sem sofrer muitos riscos. O Tigre se abateu com a falta de gol, e não voltou a ter jogadas trabalhadas. Dessa forma, os times foram ao intervalo com o placar zerado. 

A tônica do duelo continuou parecida no segundo tempo. O Joinville parecia satisfeito com o empate, mesmo não servindo para as pretensões de entrar no G-4, e o Criciúma propunha o jogo. 

Aos 4, Julimar de dentro da área finalizou fraco, facilitando a defesa de Jefferson. Três minutos depois, Sandro subiu alto após cobrança de escanteio e cabeceou com força, vendo o arqueiro jequeano espalmar.

Aos 28, Jefferson entregou a bola nos pés de Léo Gamalho. O estreante da noite, que havia acabado de entrar, não conseguiu aproveitar o presente do adversário e perdeu a chance. 

O zagueiro Edu foi expulso no Joinville aos 36 minutos, o que serviu para incendiar ainda mais a partida. Se lançando para o ataque, o Tigre viu dificuldades em aproveitar a vantagem numérica. O gol do triunfo veio somente aos 49, no último lance. Daniel Costa sofreu falta na intermediária de ataque, e ele mesmo cobrou com perfeição para fazer uma pintura no Heriberto Hülse. No ângulo, sem qualquer chance para o goleiro.

Para o término da primeira fase, os dois times voltam a campo no próximo domingo (7), às 16h. Fora de casa, o Criciúma enfrenta o Hercílio Luz, dependendo apenas de si para confirmar a vaga nas semifinais. Cumprindo tabela, o Joinville recebe o Tubarão.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo