Em jogo sonolento, Fluminense e Luverdense empatam sem gols pela Copa do Brasil
Foto: Lucas Merçon/FFC

Em jogo sonolento, Fluminense e Luverdense empatam sem gols pela Copa do Brasil

Com poucas chances de gol para os dois lados, times não saem do zero e vaga segue em aberto

luca-tremonti
Luca Tremonti

O Fluminense foi até Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, para enfrentar o Luverdense, pelo primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil e empatou por 0 a 0.

Os dois times fazem o jogo de volta na próxima terça-feira (9), no Maracanã e sem o gol qualificado, ou seja, em caso de qualquer empate a vaga será decidida nos pênaltis.

Primeiro Tempo

O Fluminense manteve seu estilo de jogo com posse de bola, mas de forma muito lenta, o que facilitou a marcação da equipe mandante. Com muitos passes pro lado e sem velocidade e infiltração o Tricolor criou muito pouco. A primeira oportunidade foi com Matheus Ferraz aos 21 minutos.

Após cobrança de falta de Ezequiel, o zagueiro cabeceou por cima do gol, sem perigo. Luciano tentou de fora da área aos 26 minutos, mas o chute acabou sendo desviado. No escanteio conquistado pelo Flu, Matheus Ferraz voltou a aparecer, mas dessa vez parou em Edson.

Luverdense, bem postado em campo marcava bem e não corria riscos e assustou os visitantes aos 33 minutos. Após uma cobrança rápida de falta de Kauê, Wilson Junior recebeu em velocidade e Rodolfo teve que trabalhar pela primeira vez. O jogo seguiu sonolento e a expectativa era de que melhorasse, principalmente com Fluminense buscando mais o gol.

Segundo Tempo

Com menos de um minuto o Luverdense assustou com um chute cruzado e parecia que o jogo seria diferente, mas acabou se desenhando como foi o primeiro tempo, Flu com a bola, pouca criatividade e Luverdense tentando jogar no erro do adversário e a espera de um contra-ataque.

Aos 20 minutos, Diniz tirou o lateral Ezequiel, que estava improvisado na lateral esquerda, passou Caio Henrique para lateral e colocou o volante Dodi, o que deu mais velocidade por esse lado ao Flu. Com 26 minutos da etapa final, a grande chance do Tricolor, Dodi deixou Caio Henrique na cara do gol que chuta para boa defesa de Edson.

O Luverdense ainda assustou com Lucas Gama, aos 38 minutos, sendo travado já dentro da área na hora do chute. No fim, placar justo, mas com uma certa preocupação pelo futebol apresentado pelo Flu e destaque para aplicação tática e marcação do Luverdense que conseguiu neutralizar o adversário e não perder o jogo que era o principal objetivo do time matogrossense

VAVEL Logo