Podendo garantir classificação, Athletico-PR recebe Tolima pela Libertadores
Foto: Divulgação / Athletico 

Podendo garantir classificação, Athletico-PR recebe Tolima pela Libertadores

Time curitibano defende a liderança do Grupo G e busca confirmar passagem caso vença e o Boca Juniors, pelo menos, empate com o Jorge Wilstermann 

jullianapaulino
Julliana Paulino

O Athletico volta a campo pela Copa Libertadores da América, após golear o Boca Juniors. Aequipe do Paraná enfrenta agora o Tolima, na Arena da Baixada, em confronto válido pela quarta rodada da competição. O jogo acontece nesta terça-feira (09), às 19h15.

Com seis pontos conquistados, o rubro-negro paraense defende a liderança do grupo G e pode confirmar a classificação caso vença e a outra partida termine empatada. O segundo lugar está divido pelo Boca Juniors e Tolima, ambos com quatro pontos. Os argentinos levam vantagem sob o time da Colômbia no saldo de gols. Já a última posição pertence ao Jorge Wilsterman, da Bolívia, com apenas dois pontos.

Casa cheia: Athletico planeja um grande jogo

Empolgado após resultado histórico contra o vice-campeão da Libertadores, o Athletico se prepara para o último jogo dentro de casa nessa etapa da competição, os ingressos já estão sendo vendidos e a expectativa é de arena lotada em Curitiba. 

Além dos bons resultados, o time também apresenta boa porcentagem dentro de campo, Athletico é o time que retém maior posse de bola (64%), mais acerta passes (86%) e mais faz gols (sete) na fase de grupos.

O treinador Tiago Nunes não entra em campo com a equipe principal para a disputa do Campeonato Paranaense, o que resulta em mais tempo e preparação dos titulares para a Copa Libertadores, além do foco da equipe na competição.

"É o dia a dia, com o trabalho que a gente tem aqui no Athletico, toda a comissão técnica e todos os treinamentos do dia a dia. A gente teve 50 dias para trabalhar. Todo mundo se dedicou o máximo para que, neste tempo de treinamento, a gente conseguisse fazer os treinamentos como se fossem jogos", explicou o atacante Rony.

O jogo desta terça-feira será o quarto confronto disputado da equipe, até agora o rubro-negro paraense tem três duelos, duas vitórias e uma derrota. O time contabiliza sete gols marcados e apenas um sofrido. O Furacão precisa de no mínimo mais quatro pontos para garantir a vaga.

Provável Athletico: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho, Bruno Guimarães e Lucho González; Nikão, Rony e Marco Ruben.

Tolima vê jogo aberto e sem favoritismo

O treinador do Tolima, Alberto Gamero, se agarra aos retrospectos para avaliar a partida desta terça-feira. O comandante do time colombiano cita o desempenho do Junior Barranquilla na final da Copa Sul Americana do ano passado.

"É uma boa pressão boa para eles (Athletico), jogar em um estádio com torcida, é muito bom. Mas eu não diria que eles têm vantagem (pela torcida), nós também gostamos de jogar com a bola no chão. O Junior fez uma boa apresentação na Arena da Baixada", afirmou Gamero.

O treinador enfatizou que o Tolima buscará se aproveitar dos momentos que o Athletico estiver frágil, retendo a posse de bola e buscando  desesperar o time da casa, usando a própria torcida para deixá-los aflitos sem conseguir jogar.

A diferença de tempo disponível para o treinamento também é citado por Gamero. O treinador explica que os times estão em dois opostos, enquanto o Tolima disputou 19 jogos esse ano, o Furacão entrou em campo apenas para três partidas.

"Eles se preparam com essa equipe especificamente para a Libertadores, e nós nos preparamos para três competições. Vamos ver amanhã quem fez a melhor opção", conclui.

Enquanto o time da casa vem de goleada sob o Boca Juniors, a equipe colombiana entra em campo com pressão. Se forem derrotados no jogo desta terça, o Tolima pode ficar cinco pontos atrás o Athetico e três atrás do time da torcida xeneizes.

Provável Tolima: Álvaro Montero; Nilson Castrilllon, Julián Quiñones, Sergio Mosquera e Maicol Balanta; Rafael Carrascal, Larry Vásquez e Carlos Robles (Yeison Gordillo); Luis 'Cariaco' González e Alex Castro; Marco Pérez.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo