Tudo ou nada! Grêmio recebe Rosario Central visando se manter vivo na Libertadores 
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Tudo ou nada! Grêmio recebe Rosario Central visando se manter vivo na Libertadores 

Tricolor precisa vencer e fazer contas para ter boas chances de ir às oitavas de final

yannrodrigues
Yann Rodrigues
GrêmioPaulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon e Matheus Henrique; Alisson (Diego Tardelli), Jean Pyerre e Everton; André.
Rosario CentralLedesma; Molina, Barbieri, Parot (Recalde) e Rizzi (Parot); Vergara, Villagra, Pereyra e Aguirre (Becker); Riaño e Herrera.
INCIDENCIASPartida válida pela quarta rodada da fase de grupos da Liberadores, disputada na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

A Arena do Grêmio será palco da redenção ou da queda de um gigante nesta quarta-feira (10). O Grêmio recebe o Rosário Central precisando da vitória de qualquer maneira para se manter vivo na Conmebol Libertadores

Com um ponto e na terceira posição do grupo H, o Tricolor precisa vencer e torcer por uma derrota da Universidad Católica, que recebe o Libertad, para reduzir a diferença para dois pontos e poder decidir uma eventual segunda posição contra os chilenos em casa. Se for derrotado pelos argentinos e a Católica empatar com o Libertad, os brasileiros deixam a competição de forma prematura. 

Fazendo contas, Grêmio precisa fazer o dever de casa

O Imortal chega no momento de fazer contas na competição. Mesmo se vencer, depende de um tropeço da Católica para depender apenas de si. Se a equipe chilena vencer, vai ter que tirar uma diferença de cinco pontos em dois jogos de um dos dois primeiros colocados de seu grupo. 

Contra o Rosario Central, Renato Gaúcho não poupará esforços. No último treino antes do confronto, o técnico manteve a base da equipe que conquistou vaga na final do Gauchão no fim de semana e contou com o retorno do zagueiro Paulo Miranda, recuperado de lesões musculares. 

A única dúvida fica por conta de uma vaga no meio-campo. Alisson ou Diego Tardelli vão para o jogo. O camisa 9 treinou entre os reservas na segunda-feira (8), enquanto o camisa 23 esteve entre os titulares até mesmo no coletivo desta terça-feira (9) e conta com o desejo de manutenção da equipe por Portaluppi. 

André citou conversa com Renato, confiança do grupo e cita casamento com a torcida para ajudar na empreitada: “Se o Renato, que é gênio, falou que vai vir (a classificação na Libertadores), quem sou eu para falar o contrário (risos)? Estamos confiantes que vai vir. Contamos com o torcedor. É um casamento, a gente em campo e o torcedor fora de campo para esta classificação vir. Tomara que amanhã (quarta) seja o início desta virada na Libertadores”

Desfalcado, Rosario Central tenta milagre no Brasil 

Só um milagre classificará o Rosario para próxima fase da Libertadores. Dentro do clube, o foco nem é mais esse, e sim a Supercopa Argentina diante do Boca Juniors no dia 2 de maio. Os argentinos acabaram na 20ª o campeonato nacional. 

Com um objetivo diferente da competição sul-americana, o técnico Diego Cocca deve poupar jogadores considerados titulares e importantes nesta partida, como o zagueiro Caruzzo e o volante Ortigoza. Além disso, os meias Gil, Rinaudo, Camacho e o centroavante Zampedri também não viajaram. Todos são titulares. 

No desembarque em Porto Alegre, Cocca exaltou o Grêmio e pregou respeito ao clube brasileiro antes do duelo: “É um time que sabe como vencer a Libertadores. É raro que esteja nesta situação. Tem jogadores de qualidade. Não podemos subestimar uma equipe brasileira”.

VAVEL Logo