Após três jogos sem marcar, Palmeiras goleia Junior Barranquilla na Libertadores 
Foto: Cesar Greco / Palmeiras 

Após três jogos sem marcar, Palmeiras goleia Junior Barranquilla na Libertadores 

Com gols de Deyverson, Dudu e Hyoran, Verdão se recupera e chega a nove pontos no Grupo F

isabella-molina
Isabella Molina
PalmeirasWeverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Zé Rafael (Felipe Pires, min. 70) e Bruno Henrique; Gustavo Scarpa (Hyoran, min. 82), Dudu e Deyverson (Ricardo Goulart, min. 87). Técnico: Luiz Felipe Scolari
Junior de BarranquillaViera; Piedrahita, Rafael Pérez, Jefferson Gómez e Gutiérrez; Narváez, Cantillo, Sebatián Hernández (Moreno, min. 77) e Sambueza; Luís Díaz (Hinestroza, min. 59; Michael Rangel, min. 70) e Téo Gutiérrez. Técnico: Luís Fernando Suárez.
Placar1-0, min. 19, Deyverson. 2-0, min. 55, Dudu. 3-0, min. 88, Hyoran
INCIDENCIASCopa Libertadores – fase de grupos (rodada 4) – Allianz Parque

O Palmeiras enfrentou, na noite desta quarta-feira (10), o Junior Barranquilla, pela Copa Libertadores da América, no Allianz Parque. O Verdão venceu a partida por 3 a 0 depois de três jogos sem fazer gols.

A maior parte do primeiro tempo teve pouca movimentação. O Palmeiras recuou na metade da primeira etapa para deixar que o adversário criasse, mas o Junior não teve muitas chances e deu pouco trabalho para o goleiro palmeirense.

Aos três minutos, Zé Rafael foi derrubado na entrada da área. O árbitro deu vantagem para Gustavo Scarpa, que chutou de fora da área, mas a bola passou ao lado do gol. Quatro minutos depois, o Alviverde quase marcou contra. Sambueza recebeu a bola na entrada da área e cruzou. Luan, ao tentar afastar, joga contra o próprio gol. Mas, para salvação do Palmeiras, Weverton estava ligado no lance e fez a defesa.

Gustavo Gómez, aos 16, disputou com Díaz na linha de fundo, que cruzou para Téo Gutiérrez. O atacante Dudu voltou para afastar, de cabeça, o perigo.

Deyverson marcou para a equipe palmeirense aos 19. Scarpa cobrou uma falta ao lado do goleiro, que espalmou. Dudu bateu no canto esquerdo, e Viera fez grande defesa para os colombianos. No rebote, o centroavante apareceu para cabecear, fazendo o gol.

Aos 25 minutos, Sambueza recebeu dentro da área e chutou rasteiro. A bola passou raspando na trave de Weverton.

Zé Rafael recebeu passe no meio de campo e foi até a entrada da área para chutar forte. A bola explodiu em Narváez e, no rebote, o meia chutou para fora.

Logo no início da segunda etapa, o Verdão marcou novamente. Dudu recebeu de Bruno Henrique, em cobrança rápida de falta e mandou para o fundo das redes, fazendo um golaço.

No minuto seguinte, Mayke, na entrada da área, tocou para Deyverson. O atacante devolveu para o lateral, que passou para Dudu fazer. Mas a posição de Mayke era ilegal e a arbitragem marcou impedimento.

O Palmeiras tomou um susto aos 13 minutos. Sebastián Hernández chutou de longa distância e Weverton espalmou, salvando a equipe alviverde.

Mayke tocou para Dudu, no meio de campo, e o camisa 7 devolveu ao lateral-direito, que arrancou em velocidade e chutou forte no gol, mas a bola foi para fora, aos 24.

Aos 34 minutos, Dudu tocou para Mayke, que saiu para o ataque e cruzou para Scarpa dentro da área, deixando o atacante cara a cara com o goleiro. Scarpa chutou, mas Viera fez uma defesa incrível, salvando o Junior Barranquilla.

Hyoran matou o jogo aos 43 minutos. O jogador recebeu a bola no ataque e tocou para Dudu na grande área, que devolveu para Hyoran apenas empurrar para o fundo das redes.

Com a vitória, o Verdão chega a nove pontos e permanece na vice-liderança do Grupo F, atrás do San Lorenzo, com dez. Além disso, a equipe fica a um ponto de se classificar para as oitavas de final da competição.

MEDIA: 4.5VOTES: 2
VAVEL Logo