Sampaoli elogia postura ofensiva do Santos: "Temos que continuar atacando"
Foto: reprodução/Santos TV

Sampaoli elogia postura ofensiva do Santos: "Temos que continuar atacando"

Técnico argentino também falou sobre o retorno à Vila Belmiro e comentou sobre o atacante Rodrygo

rafaelalvesgomes
Rafael Alves

O Santos venceu, na noite desta quarta-feira (10), o Atlético-GO por 3 a 0 e conseguiu a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil. O Peixe reverteu o placar do primeiro confronto, quando tinha sido derrotado por 1 a 0, e garantiu a vaga na próxima jornada da competição, além de lucrar R$ 1,9 milhão pela premiação.

Após o término do jogo, o técnico Jorge Sampaoli concedeu entrevista coletiva. O argentino avaliou o desempenho do Santos no confronto e explicou o potencial ofensivo da equipe na partida desta noite.

"A gente estava dominando no ataque posicional, fizemos os gols. Ceder esse protagonismo era ceder um jogo que estávamos dominando, era melhor buscar o terceiro do que segurar 2 a 0. Se superamos o adversário com essa forma de jogar, temos que continuar atacando", comentou o treinador.

Sampaoli também destacou o fato da partida ter ocorrido na Vila Belmiro. O técnico do Santos só havia comandado uma partida no estádio do clube, e o comparou ao Pacaembu, onde o Peixe vinha mandando seus confrontos.

"Como eu disse a primeira vez que eu estive aqui, é um orgulho estar aqui. É como fazer uma comparação de estar em sua casa ou na casa de um parente rico, muito luxuosa. Esta - Vila Belmiro - é nossa casa. O Santos é de Santos, esta é nossa casa, e nós sentimos orgulho de estar aqui", afirmou.

Outro assunto bastante comentado na coletiva foi Rodrygo, autor de um dos gols da vitória desta noite. Sampaoli chegou a ser questionado sobre as partidas em que o atacante começa entre os reservas e explicou que a escolha é determinada pela forma que o jogador demonstra desempenho.

"Nós, como treinadores, temos a obrigação de exigir muito mais daqueles jogadores que têm muita capacidade. Eu sou muito exigente sobre os que mais podem. Se os que mais podem não me apresentam aquilo que mais podem, seguramente terão que esperar, isso para todos de forma igual", concluiu.

Classificado na Copa do Brasil, o Santos só volta a jogar no próximo dia 28. O Peixe vai até Porto Alegre para encarar o Grêmio, às 11h, em confronto válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo