Internacional e Grêmio se enfrentam pelo jogo de ida da final do Gauchão
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Internacional e Grêmio se enfrentam pelo jogo de ida da final do Gauchão

Gre-Nal 419 será disputado no Beira-Rio, pelo primeiro jogo da decisão do Campeonato Gaúcho

carlos-borges
Carlos Borges
sc-internacionalMarcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Rithely ou Rodrigo Lindoso), Edenílson, Patrick; D'Alessandro e Nico López; Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.
GrêmioPaulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Diego Tardelli, Jean Pyerre e Everton; André. Técnico: Renato Portaluppi.
INCIDENCIASCampeonato Gaúcho, Beira-Rio (Porto Alegre, RS), 16h, Final (ida).

Internacional e Grêmio se enfrentaram, neste domingo (14), pelo jogo de ida da final do Campeonato Gaúcho. A última vez que as duas equipes decidiram uma final do Gauchão foi em 2015. Na ocasião, quem levou a melhor foi Inter, quando foi penta-campeão seguido do estadual. O GRE-NAL 419 será disputado no Beira-Rio, às 16h.

Mistério nas escalações

Não há nenhuma certeza em como as equipes entrarão em campo para a decisão do campeonato.

Odair Hellmann fechou os treinos na sexta-feira (12) e no sábado (13). Renato Portaluppi treinou com os portões fechados somente no último treino.

As duas equipes serão confirmadas antes de 45 minutos do apito inicial.

Provável ausência do capitão

Rodrigo Dourado sofreu uma entorse no início do último jogo, na vitória de 3 a 2 sobre o Palestino, pela Libertadores, na última terça-feira (9). O volante vem fazendo tratamento e está concentrado junto à equipe, mas o Inter mantém mistério sobre sua relação na partida.

Rithely e Rodrigo Lindoso são candidatos para assumir a vaga, caso Dourado não jogue. O primeiro foi escolhido por Hellmann para substituir o capitão, enquanto Lindoso permaneceu no banco.

Em busca do primeiro título pelo Colorado, Patrick afirma em “entrar pilhado”

O meia Patrick, que chegou na equipe no início de 2018, disputará sua primeira final do Gauchão com a camisa do clube.

Em busca do primeiro título com a camisa do Internacional, o jogador afirmou que é necessário entrar “pilhado em campo”.

“Estou aqui há um ano e quatro meses. Conquistar o primeiro título é muito importante. A tradição do Inter é sempre estar buscando os títulos. É um jogo difícil, que todo mundo gostaria de jogar. O Inter vai brigar pelo título em todas as competições esse ano. A tradição do clássico já diz por si só. É o maior clássico do Brasil. Tem que entrar pilhado, com adrenalina lá em cima para não ser surpreendido”, afirmou Patrick.

O jogador, ainda na coletiva, reforçou que a equipe precisa ligar o alerta, para evitar os erros cometidos nos últimos jogos.

A gente tem ciência. Não pode cometer os erros que cometeu. Cada um sabe o que tem que fazer dentro de campo, temos que continuar com ritmo. É mais se preparar mentalmente, fazer grande jogo. Grêmio tem um bom toque de bola, poder ofensivo muito forte. É jogar o jogo. Entrar forte na marcação. E quando tiver com a bola, criar e poder concluir em gol, ressaltou.

Luan fora da decisão

A única certeza da escalação do Grêmio é que Luan estará fora do primeiro jogo da final. O melhor jogador da América em 2017, foi afastado por Renato Portaluppi para aprimorar o condicionamento físico.

Jean Pyerre assumiu a vaga de titular desde o afastamento do meia, e deve formar trio no meio de campo com Everton e Diego Tardelli.

Everton afirma que é preciso manter os “nervos à flor da pele”

O meia Everton declarou que a final não será definida nos primeiros 90 minutos e afirmou que o time precisa manter “os nervos à flor da pele”.

“Como a gente costuma dizer, o clássico é decidido nos mínimos detalhes. Ter concentração, foco, é a principal questão. Mas também não pode entrar com os nervos à flor da pele, isso acaba atrapalhando a nossa equipe. Temos que entrar focados e saber que o jogo não se decide naqueles 90 minutos. Saber que não é dar tudo lá, tomar um gol e nos prejudicar no próximo jogo”, disse Everton.

O jogador ainda ressaltou as expectativas para a final, e pelo fato das duas equipes não decidirem um Gauchão desde 2015 é um fator para o aumento da proporção da ansiedade.

“Esperamos um jogo bem equilibrado, o ponto mais importante é que as duas equipes estão em bom momento, nós conseguimos uma reação na Libertadores, eles também estão bem, então vai ser um clássico decidido nos detalhes. Pelo fato de não ter (Gre-Nal) desde 2015 na final, parece que vem aumentando mais ainda, parece que as coisas aumentam de proporção. É uma das maiores rivalidades do país”, declarou o meia.

Arbitragem

Leandro Vuaden apitará a primeira decisão do Campeonato Gaúcho. Elio Nepomuceno e José Eduardo serão os auxiliares. Jonathan Pinheiro será o quarto árbitro.

 

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo