Recordar é viver: Grêmio vence Internacional no Beira-Rio pela final do Gauchão 2010
Foto: Divulgação/Grêmio FBPA

Recordar é viver: Grêmio vence Internacional no Beira-Rio pela final do Gauchão 2010

Tricolor não se intimidou de jogar na casa adversária e conquistou boa vantagem para o jogo de volta

ritielimoura
Ritieli Moura

Neste domingo, Grêmio e Internacional fazem a primeira partida da final do Campeonato Gaúcho 2019. As equipes entram em campo às 16h, no estádio Beira-Rio.

Há alguns anos atrás, na tarde de 25 de abril de 2010, o Grêmio colocava a mão no título do Campeonato Gaúcho daquele ano. A equipe Tricolor, comandada por Silas, venceu o Internacional de Jorge Fossati pelo placar de 2 a 0 na casa Colorada. A VAVEL Brasil relembra o duelo.

Como foi a partida:

Com a bola a rolando, na primeira etapa o Grêmio início melhor, criando duas boas oportunidades. A primeira com Borges que, livre, invadiu a área e finalizou, mandando perto do gol. A outra foi com Jonas, que cortou dois marcadores mas chutou fraco.

Com o time visitante diminuindo o ritmo, foi a vez do Internacional criar duas oportunidades. Walter deixou a marcação para trás e finalizou, obrigando Victor a fazer grande defesa, mandando para escanteio. Na cobrança, a zaga gremista se atrapalhou, mas Edison apareceu para tirar a bola em cima da linha.

Na segunda etapa, as duas equipes tiveram volume de jogo e criaram chances de gol. Porém apenas o Grêmio conseguiu balançar as redes. Aos 22 minutos, após Edilson cobrar escanteio, Rodrigo subiu livre no primeiro poste e mandou de cabeça para o gol, abrindo o placar no Beira-Rio. O segundo gol também foi de bola parada, aos 42, após cobrança de falta de Rochemback, a defesa colorada parou e Borges aproveitou para cabecear, ampliando o placar e garantindo boa vantagem para o jogo de volta.

As escalações:

Internacional: Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Sorondo e Juan; Sandro (Edu), Andrezinho (Giuliano), Guiñazu e D´Alessandro (Kleber Pereira); Walter e Alecsandro. Técnico: Jorge Fossati.

Grêmio: Victor; Edilson, Mario Fernandes, Rodrigo e Niuton; Ferdinando (Adilson), William Magrão, Leandro (Fábio Rochemback) e Hugo (Ozéia); Borges e Jonas.

Confira os gols da vitória Tricolor:

 

VAVEL Logo