Com gol de Clayton, Botafogo-PB vence Nacional e garante vaga na final do Paraibano
Foto: Nádya Araújo/Botafogo-PB

Com gol de Clayton, Botafogo-PB vence Nacional e garante vaga na final do Paraibano

Assim como ano passado, Belo decide o estadual contra o Campinense; primeiro confronto ocorre nesta quarta-feira

rafaelalvesgomes
Rafael Alves

O Botafogo-PB confirmou o favoritismo e venceu, na tarde deste domingo (14), o Nacional de Patos por 1 a 0 no estádio Almeidão, em João Pessoa, e se tornou finalista do Campeonato Paraibano. O gol da vitória alvinegra foi marcado por Clayton. O adversário do Belo na decisão será o Campinense, que eliminou o Atlético-PB na outra semifinal.

A primeira partida da decisão ocorre nesta quarta-feira (17), às 21h45, no estádio Amigão, em Campina Grande. Já a grande final será no estádio Almeidão, em João Pessoa, no próximo dia 23, no mesmo horário.

Com a eliminação do Nacional, o Atlético-PB assegurou uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro em 2020. O Trovão Azul do Sertão tem a terceira melhor campanha do estadual na classificação geral. Assim, a equipe alviazulina se garantiu na competição nacional no ano que vem.

Toma lá, dá cá

A partida começou com o Botafogo-PB pressionando o Nacional de Patos em seu campo de defesa. Entretanto, a equipe sertaneja não se intimidou e também foi ao ataque. Logo aos 3 minutos, Isaías recebeu na grande área, fez o pivô e rolou para Fábio Neves, que arriscou um lindo chute e obrigou Saulo a realizar uma bela defesa para salvar o Belo.

Pouco tempo depois, os donos da casa apareceram. Após uma cobrança de escanteio curta, a bola sobrou para Rogério na entrada da área. O volante arriscou um chute forte e o goleiro Geffson fez uma bela defesa.

O Belo foi tomando conta do jogo e deteve as melhores ações ofensivas. Aos 32 minutos, Paulo Renê invadiu a área do Nacional pelo lado esquerdo e tocou para trás. Marcos Vinícius recebeu, livrou-se da marcação e bateu rasteiro, mas o goleiro do time sertanejo apareceu para evitar o gol.

Gol, festa e classificação

Quando a partida recomeçou, o Botafogo-PB realizou uma blitz na área do Nacional e conseguiu abrir o placar. Após uma forte pressão alvinegra, Paulo Renê tocou para trás e Clayton chutou forte, sem dar chances de defesa para Geffson e promovendo uma explosão de alegria no Almeidão.

Não demorou para o Belo assustar após o gol. Dois minutos depois, Paulo Renê recebeu na área, saiu da marcação e bateu forte, mas a bola carimbou a trave do Nacional. O atacante ainda teve mais duas chances, mas esbarrou nas defesas do goleiro do Canário.

Isaías chegou a marcar pelo Nacional de Patos, mas a arbitragem assinalou impedimento no lance. Antes do apito final, Paulo Renê voltou a obrigar Geffson a realizar uma nova defesa. O atacante recebeu de Clayton dentro da área e chutou forte, mas, novamente, o goleiro do Canário evitou o segundo gol e manteve o placar de 1 a 0 na partida.

VAVEL Logo