Fluminense bate Santa Cruz no retorno de Pedro e conquista vantagem na Copa do Brasil
Foto: Lucas Merçon/ FFC

Fluminense bate Santa Cruz no retorno de Pedro e conquista vantagem na Copa do Brasil

Pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, Tricolor não cede espaços ao Santa Cruz e vence por 2 a 0

vitor-melo
Vitor Melo

O Santa Cruz se tornou presa fácil para o Fluminense na noite desta quarta-feira, no Maracanã, em jogo válido pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil

Com gols de Gilberto e Luciano, o Tricolor venceu o Santinha por 2 a 0 e levou uma boa vantagem para a partida da volta. Vale ressaltar que o critério de gol qualificado não está valendo na competição.

Fluminense é soberano e passa sem dificuldades pelo Santa Cruz

Ciente da necessidade de efetuar um bom dever de casa, o Fluminense não tomou conhecimento do Santa Cruz e tratou de partir para cima logo nos primeiros instantes da partida. Aos 24 segundos, em jogada pela direita, Yony recebeu passe de calcanhar e arrematou para a defesa parcial de Anderson. No rebote, o camisa 11 chutou rasteiro, rente a trave. Três minutos depois, o Flu voltou ao ataque com efetividade, desta vez em chute de fora da área por Allan.  

Intenso nas ações ofensivas, o Tricolor não demorou muito para abrir o marcador. Aos 18 minutos, Gilberto tabelou com Yony pela direita e o lateral direito saiu frente a frente com o goleiro, contando com um leve desvio, o suficiente para deslocar o arqueiro e estufar a rede. A postura dos visitantes era apática. Assim, coube aos donos da casa administrarem o resultado e manter a postura incisiva. 

Aos 29 minutos, o time das Laranjeiras chegou ao segundo gol. E foi digno de aplausos. Em jogada tramada pela direita, Yony encontrou Gilberto, que deixou de calcanhar para o plástico chute de Luciano, onde encontrou o ângulo superior direito de Anderson.

Por pouco o Flu não aumentou a vantagem cinco minutos mais tarde: Luciano teve três oportunidade de colocar para o gol, mas hesitou na hora de escolher a melhor opção de finalização. Perto do fim, Gilberto ainda teve sua chance, mas chutou nas mãos do arqueiro. 

Santa Cruz equilibra o confronto, mas não converte em gol

O início da etapa complementar seguiu com o mesmo panorama do fim do primeiro tempo. Mas quem chamou atenção logo no começo foi o dono da noite: Pedro. Depois de oito meses, o camisa 9 retornou aos gramados, o suficiente para o entusiasmo dos torcedores.

O embate seguiu refletindo a maior posse de bola dos tricolores, porém, este fator não foi revertido em jogadas contundentes, como havia sido nos primeiros 45 minutos.  

O Time de Guerreiros só chegou assustando aos 29, quando Everaldo carregou a bola e limpou a defesa para ameaçar o chute. Mas na hora de finalizar, ela acabou desviando no zagueiro e saiu pela linha de fundo.

Um minutos depois, Luciano até estufou a rede para os mandantes. Contudo, o árbitro assinalou o impedimento,  que por sinal, a posição era legal. 

Protagonista da noite, Pedro ficou muito perto de comemorar novamente um gol. A falta próxima à intermediária foi cobrada com maestria pelo camisa 9, que, com chute forte tirou tinta da trave esquerda do goleiro Cobra Coral. Através deste panorama, a disputa perdeu em emoção e ficou configurada na administração do resultado pelo Fluminense. Resultado final: 2 a 0.

Fluminense e Santa Cruz voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, 25, pelo jogo da volta, às 19h15, no Arruda.

VAVEL Logo