Fernando Diniz afirma que Fluminense fez o seu melhor jogo no ano contra Santa Cruz
FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Fernando Diniz afirma que Fluminense fez o seu melhor jogo no ano contra Santa Cruz

O treinador também falou sobre o retorno de Pedro

jessicaalbuquerque
Jéssica Albuquerque

O treinador Fernando Diniz concedeu entrevista após a vitória do Fluminense sobre o Santa Cruz, nesta quarta-feira (17), no Maracanã. A partida foi válida pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. O placar foi 2 a 0 para o Tricolor, mas, segundo o comandante, a vantagem poderia ser maior.

O time jogou muito bem no primeiro tempo. A vantagem poderia ser maior. Fizemos dois gols, não é para desconsiderar. Teve uma queda de rendimento no segundo tempo que não teve razão. Deveríamos ter continuado a pressionar” disse.

A partida marcou o retorno de Pedro, após oito meses afastado por conta de uma lesão no joelho. O atacante entrou no início do segundo tempo, no lugar de Yony González. O camisa 9, inclusive, quase marcou um gol de falta aos 37 minutos do etapa final.

É muito bom contar com novos jogadores. Adiantamos a reestreia do Pedro. Ele iria jogar uns 25 minutos, mas jogou mais ou menos 40. É bom para adquirir ritmo. Para o Campeonato Brasileiro, o time vai ficando mais robusto”.

Sobre a situação do atacante Everaldo, o treinador afirmou que, para ele, ainda não tem nada certo. E elogiou a postura do jogador enquanto segue emprestado ao Tricolor.

O Everaldo, enquanto estiver jogando será importante para mim. Que eu saiba, não tem nada acertado, mas todos sabem das sondagens. Enquanto estiver aqui, vai trabalhar. Está com a postura correta”.

No segundo tempo, houve uma queda de rendimento da equipe, o que Diniz considerou normal, após as saídas de nomes importantes, como o colombiano Yony e o meia Ganso, ambos com dores.

Quando o time tem aquele tipo de volume, é por conta de treinamento. É normal cair com tantas ausências. Os jogadores estavam bem, com movimentos sincronizados. Acho que caímos mais do que deveríamos”.

Apesar disso, Diniz considerou a partida como a melhor do ano, principalmente o primeiro tempo. O Santa Cruz não teve chances durante a primeira etapa.

Foi o melhor tempo que tivemos no ano. Marcamos forte e o Santa Cruz não teve chances. Tivemos a marcação muito ajustada. Acho que foi a melhor atuação, principalmente no primeiro tempo”.

Ainda sobre a volta de Pedro, Diniz elogiou o camisa 9 do Fluminense. O treinador afirmou que o atacante é muito técnico, que sabe ocupar os espaços muito bem. E revelou que sua volta foi antecipada.

O Pedro, no jogo, foi bem. Antecipamos a volta dele. A previsão era jogar só no Brasileiro, mas ele se colocou à disposição. Conversamos com os departamentos e achamos que poderíamos antecipar a volta. Ele voltou e se sentiu bem, jogou quase um tempo inteiro”.

O comandante falou sobre Airton, que foi substituído no intervalo com dores na coxa esquerda. Diniz o elogiou o volante e também Allan, titular na partida.

Reconheci nele desde o primeiro momento que é um cara diferente. Sabia que iria se adaptar muito rápido, parecia que já jogava comigo há muito tempo. O Allan fez um grande jogo hoje. Tem todos os fundamentos que o jogador dessa posição precisa ter. Foi um dos últimos a chegar e está se adaptando ao time”.

Diniz também fez questão de elogiar o lateral Gilberto, que marcou o primeiro gol da equipe e deu o passe para Luciano marcar o segundo. O treinador afirmou que foi sua melhor atuação desde a volta após lesão.

Foi a melhor atuação desde a volta dele, tem um potencial enorme. É um jogador selecionável, que pode pintar na Seleção. Nosso desentendimento é uma coisa que só fortalece, é igual a amizade. Tem ainda mais o meu respeito e meu carinho. Espero que ele possa repetir atuações como essa”.

O meia Paulo Henrique Ganso foi substituído aos 15 minutos do segundo tempo, com dores na coxa esquerda.  Para Diniz, não deve ser nada grave e o camisa 10 deve estar à disposição para o jogo de volta.

Ele sentiu uma lesão que já vinha arrastando há algum tempo, mas não parece ser nada de grave. Esperamos contar com ele” finalizou.

Santa Cruz e Fluminense fazem o jogo de volta na próxima quinta-feira (25), no Arruda, em Recife, às 21h30. O Tricolor pode empatar ou perder por um gol de diferença e mesmo assim garante vaga na próxima fase da Copa do Brasil. O regulamento não prevê gol qualificado como critério de desempate.

VAVEL Logo